Apito Asteca da Morte | Conheça o Temido Som da Civilização Asteca

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no tumblr

Você provavelmente está familiarizado com a decoração de caveiras da civilização Asteca. Mas saiba que esse povo tem uma afinidade peculiar com a morte, até mais do que você pode pensar.

O Apito Asteca da Morte

Se a morte tivesse um som, provavelmente soaria como esse apito asteca. A pessoa que tenha habilidade para tocá-lo, pode tirar dele um som que arrepia a espinha. Para quem tem curiosidade, esse som é parecido com mil almas torturadas sendo carregadas por um vento frio, misturado aos gritos de diferentes animais selvagens.

Em 1999, uma vítima de sacrifício de 20 anos foi descoberta por arqueólogos, com um apito de morte nas mãos. Ele foi encontrado em um templo de 650 anos para o deus do vento Ehecatl em Tlatelolco, sugerindo a alguns estudiosos que os assobios deviam evocar o vento uivante. Em todo caso, músicos e antropólogos modernos se interessaram mais pelo papel que os assobios representavam na história indígena do México.

Os Estudos por Trás do Apito Asteca da Morte

O engenheiro mecânico Roberto Velásquez ficou conhecido por estudar esses instrumentos incomuns. Segundo ele, os apitos podem ter sido utilizados em sacrifícios, talvez para guiar a alma para o além, ou para a guerra, já que o som de milhares desses apitos juntos certamente poderia fazer com que os inimigos recuassem. Outros especialistas acreditam que o instrumento pré-colombiano era utilizado para colocar o cérebro humano em um estado onírico, e assim, tratar determinadas doenças.

Arnd Adje Both, especialista em arqueologia musical pré-hispânica, foi o primeiro a soprar o apito achado em 1999, e ficou fascinado pelo som.

Minha experiência diz que alguns sons pré-hispânicos são mais destrutivos que positivos. Outros são evocativos de um transe. Os sons foram certamente utilizados em todos os tipos de cultos, como os de sacrifício, mas também em cerimônias de curas

A Experiência com o Apito Asteca da Morte

Nós não vamos mentir. O som do apito da morte é a coisa mais assustadora que já ouvimos. Literalmente parecem gritos de terror bem estridentes. Só podemos imaginar como seria ouvir centenas de assobios de um exército asteca em marcha.

Não estamos totalmente certos de que esses apitos realmente foram usados, no entanto. Eles podem ter sido usados ​​como uma tática de intimidação durante as batalhas, mas há um aspecto da sociedade asteca em que eles certamente desempenharam um papel: o sacrifício humano.

Possível Câmara de Sacrifícios Astecas apito asteca da morte
Possível Câmara de Sacrifícios Astecas

Ouça o Som do Apito Asteca da Morte

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no tumblr

Curso - Desenvolvimento de Games - Completo

Aprenda como Criar e Programar seus Próprios Jogos. Mesmo que esteja começando HOJE!O Curso INÉDITO no Brasil está com uma super promoção e pode ser seu.Ainda com Acesso Vitalício, Suporte Individual, Certificado, Novas Aulas e Muito MAIS!Aprenda a Programar seus Próprios Jogos

Deixe um Comentário

Outros Posts

Segredo bem Guardado [História de Terror]

Durante meses uma cidade do interior paulista foi assombrada por um assassino. Ele escolhia suas vítimas aleatoriamente. Homens, mulheres, ricos, pobres, enfim… Qualquer pessoa estava sujeita a ser atacada pelo maníaco, que sempre marcava suas

Leia Mais

O Íncubo [História de Terror]

Não me lembro ao certo a última vez que tive um encontro. Tentei alguns aplicativos de relacionamento, pedi para meus amigos me apresentarem as amigas e até parentes das namoradas e nada dava certo. Não

Leia Mais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Login

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Login

Faça o Login para ter acesso à muitas novidades no nosso site!

[ihc-login-form]

Pesquisa