A Boneca Antiga [História de Terror]

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr

Na História de Terror A Boneca Antiga, uma garotinha linda recebe no dia do seu aniversário, um pacote de presente, mas o que espera por ela é de arrepiar.

Na manhã de seu aniversário, a mãe de Lucy a acordou e disse que um pacote tinha chegado pelo correio e que era para ela.

A garota apressadamente desembrulhou o pacote e ficou horrorizada com o que encontrou lá dentro. Era a boneca mais repugnante que já tinha visto. Era completamente careca e sua pele estava rachada e coberta de sujeira. Os dentes eram o pior de tudo. Eles eram longos, pontudos, afiados e bestiais. Eles pareciam presas de um animal.

Com um arrepio tremendo, ela pegou a boneca e jogou pro outro lado da sala. Sua mãe repreendeu-a, dizendo-lhe que alguém tinha se dado ao trabalho de dar esta boneca à ela e que estava sendo mal agradecida.

Lucy tentou argumentar, mas sua mãe não quis ouvi-la. Ela fez com que a menina ficasse com a boneca. Então, para colocar ficar mais calma, Lucy enfiou a boneca antiga no pequeno armário embaixo da escada, atrás de uma pilha de sapatos, onde ela não teria que olhar para aquela coisa feia e maligna.

Algumas noites mais tarde, quando Lucy já estava deitada na cama, que ela ouviu um barulho estranho… um som embaralhado, que durou cerca de cinco minutos. Então, um breve ruído arrastado e finalmente, uma corrida com passos leves .

Lucy ficou tremendo em sua cama com medo, incapaz de se mover. Então, ela pensou ter ouvido uma voz rouca e fraca sussurrando baixinho no andar de baixo. Lucy sempre dormia com a porta aberta e a luz do corredor acesa, já que tinha medo do escuro.

Ela ouviu a voz dizer “Lucy, eu estou no primeiro degrau” …

O que quer que tivesse falado aparentemente virou e retornou ao local de esconderijo.

Lucy estava com tanto medo que não “pregou o olho” naquela noite, mas ficou com medo até o amanhecer, quando sua mãe a levou para a escola.

Lucy tentou explicar para a mãe o que havia acontecido na noite anterior, mas apela apenas disse que era um sonho, então a menina acreditou.

Claro que não foi. Lucy implorou a seus pais para deixá-la jogar a boneca antiga no lixo, mas eles insistiram que era um presente e ela teve que ficar com ele. Então, Lucy relutantemente voltou para a cama, dizendo a si mesma que aquilo era apenas um sonho. Ela checou o armário embaixo da escada, mas a boneca estava exatamente onde Lucy a deixara.

Naquela noite, Lucy lutou contra o sono, mas mesmo assim acabou dormindo. Dado momento, a voz profundamente desencarnada despertou Lucy novamente. Ela se perguntou se aquilo era realmente verdade ou apenas coisas da sua cabeça.

“Luuuuccccyyyy! Eu estou no quarto degrau… ”, a voz disse.

Em seguida, se escondeu novamente e não voltou a aparecer naquela noite. Lucy chorava e, novamente, não dormiu naquela noite.

Na escola, Lucy contou aos amigos sobre a boneca e, é claro, eles riram dela. A menina só podia pensar que, se a boneca subisse quatro degraus por vez, haveria apenas mais uma noite para chegar até ela.

Mais tarde, naquela noite, Lucy decidiu fechar a porta do seu quarto. Assim que sua mãe apagou a luz, perguntou se Lucy não tinha mais medo do escuro. A menina então disse que deixaria a luz do abajur acesa ao invés da do corredor. Mas sua mãe disse que a luz do quarto era muito brilhante que a manteria acordada e disse que não.

Portanto, Lucy concordou em dormir sem as luzes do quarto e do corredor. Ela abriu as cortinas do quarto para iluminá-lo de qualquer maneira. Assim que ela começou a cochilar, ela ouviu o barulho.

E então a voz veio, muito clara desta vez.

“Luuuuccccyyyy! Eu estou no último degrau… ”

Na escuridão de seu quarto, Lucy ouviu um estalo e tremeu de medo. Ela não tinha certeza, mas achou que viu a porta do quarto se abrindo bem devagar.

Na manhã seguinte, os pais de Lucy encontraram seu corpo no final da escada. Pensaram que talvez ela tivesse se levantado para ir ao banheiro durante a noite e, na escuridão, escorregou e caiu da escada, quebrando o pescoço.

A boneca antiga dela foi encontrada ao lado do seu corpo e foi enterrada junto à menina. Todos disseram que foi uma tragédia.

“Ela adorava aquela boneca”, disse a mãe. “Mas agora elas podem ficar juntas para sempre”.

a boneca antiga história de terror
História de Terror: A Boneca Antiga

História de Terror escrita por ScaryForKids traduzida e adaptada por Mundo Sombrio

E aí, o que você achou da História de Terror “A Boneca Antiga”? Classifique essa história e deixe sua opinião aí nos comentários. Abraços Sombrios!

Deixe um Comentário

Pesquisa