Claustrofobia [História de Terror]

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no tumblr
Claustrofobia é uma história de terror sobre uma conversa de mensagem pelo Whatsapp entre duas adolescentes, Natasha e Nina.

Natasha: Nina.
Natasha: Por favor me ajude Nina!

Nina: ???
Nina: Quem é!?
Nina: Como você conseguiu esse número!?

Natasha: Sou eu, Natasha.
Natasha: Por favor, me ajude.
Natasha: estou presa em algum lugar e não consigo sair.
Natasha: é muito escuro e muito estreito.
Natasha: Eu mal posso me mover. Não sei como cheguei aqui.
Natasha: tentei ligar para você, mas não tenho crédito.

Nina: Mãe de Deus! Isso é algum tipo de piada doentia?
Nina: Não é engraçado! Quem é Você?
Nina: vou denunciar você pra polícia.

Natasha: Do que você está falando, Nina?
Natasha: Me ajude! Estou te implorando!
Natasha: Pelo amor de Deus, por favor me ajude!
Natasha: Por favor, diga aos meus pais para virem me procurar.

Nina: Natasha?
Nina: não é possível.
Nina: Não pode ser você.

Natasha: Sou eu! Quem mais poderia ser? Por favor me ajude!

Nina: É uma brincadeira. Só pode ser.

Natasha: Por que você está agindo tão estranho?
Natasha: Sou eu! Eu juro que sim!
Natasha: Por que você não acredita em mim?!
Natasha: O que há de errado com você?

Nina: Não é verdade. Natasha está morta.
Nina: Ela era minha melhor amiga e morreu há dois dias.
Nina: O funeral foi nesta manhã.
Nina: Então eu vou te perguntar de novo…
Nina: Quem diabos é você e como você conseguiu esse número?

Natasha: eu não sei do que você está falando Nina…
Natasha: Por que você diz isso?
Natasha: estou trancada em um lugar escuro e não consigo sair
Natasha: Você não entende?!
Natasha: Por favor !!! Por favor ajude!!!

Nina: Qual foi o último filme que vimos juntas?

Natasha: O que!? Porque está me perguntando isso!?
Natasha: Nina, pelo amor de Deus, por favor me ajude.

Nina: Se você é mesmo a Natasha, deveria saber disso.
Nina: Qual foi o último filme que vimos juntas?

Natasha: Não seja idiota!!!
Natasha: Eu não me lembro.
Natasha: Estou aterrorizada e você quer que eu responda perguntas estúpidas?!

Nina: Me responde logo ou eu vou bloquear você.

Natasha: Não! Não faça isso!
Natasha: Espere! Eu vou lembrar.
Natasha: Eu acho que foi o ‘The Notebook’.
Natasha: É isso?
Natasha: Nós duas choramos como loucas no final…
Natasha: É isso mesmo, certo?

Nina: Que nota você recebeu em Biologia?

Natasha: Nina, pelo amor de Deus! Pare com isso!

Nina: Me responda!!!

Natasha: OK! OK!
Natasha: É uma pergunta complicada.
Natasha: A velha ainda não nos deu nossas notas.
Natasha: Você acredita em mim agora?!

Nina: Natasha?!
Nina: Mas como pode ser você?!
Nina: Ontem à noite eu vi você deitada no caixão.
Nina: Hoje de manhã eu os vi abaixar enterrar o caixão com você dentro.
Nina: Não pode ser você. Simplesmente não pode!
Nina: cadê você?!

Natasha: eu não sei.
Natasha: está escuro e frio.
Natasha: Eu mal posso me mover.

Nina: Meu Deus! Meu Deus, Natasha!
Nina: Você foi enterrada viva!
Nina: Você ainda está dentro do caixão!
Nina: Natasha?
Nina: Você ainda está aí?

Natasha: Sim.
Natasha: Eu acho que você está certa.
Natasha: Mas como?
Natasha: Como cheguei aqui?!
Natasha: Quem me colocou aqui?!

Nina: Eu te disse. Você morreu há dois dias.
Nina: Pelo menos foi o que eles disseram.
Nina: Os médicos declararam sua morte.
Nina: Eles disseram que seu coração parou.
Nina: Todos nós pensamos que você estava morta.

Natasha: Mas eu não estou morta!

Nina: Você deve ter sido enterrada vivo.
Nina: Eu li sobre esses casos raros em que as pessoas parecem estar mortas.
Nina: Mas não estão realmente mortas.
Nina: Elas têm uma condição médica estranha.
Nina: são catatônicos ou catalépticos
Nina: Ou algo assim.
Nina: Todo mundo pensa que está morto.
Nina: E elas são enterradas vivas.

Natasha: Você acha que foi isso o que aconteceu?

Nina: Deve ser.
Nina: Se é realmente você e você está viva …
Nina: Então só pode ter sido isso que aconteceu.
Nina: Tem que ser.
Nina: Vou ligar para seus pais agora!

Natasha: Faça isso! Rápido por favor.
Natasha: estou começando a sentir falta de ar.
Natasha: Nina?
Natasha: Nina ???
Natasha: Responda-me Nina!
Natasha: Nina ???

Nina: Foi mal. Tô de volta.
Nina: Acabei de ligar para seus pais. No começo eles não acreditaram em mim.
Nina: Demorou um pouco para convencê-los, mas eles estão a caminho.
Nina: Eles estão vindo com uma ambulância.

Natasha: Que bom Nina, mas diga para eles se apressarem!
Natasha: Não sei quanto tempo aguento mais.

Nina: Espera aí.
Nina: O que eu não entendo é por que eles te enterraram com um telefone celular.
Nina: Quem teve uma ideia assim?

Natasha: Eu não sei e não ligo.
Natasha: Eu só quero sair daqui.
Natasha: Sinto que estou ficando louca.
Natasha: Nina?
Natasha: Nina ???
Natasha: Nina não me falando sozinha, por favor!

Nina: Desculpe Natasha. Acabei de entrar em contato com um médico.
Nina: Ele disse que você precisa manter a calma.
Nina: é muito importante.
Nina: Apenas acalme-se e respire normalmente
Nina: Até que eles possam tirá-la daí
Nina: Porque senão o ar vai acabar.
Nina: Tente relaxar o máximo que puder
Nina: A ajuda está a caminho. Você entendeu?

Natasha: Sim.
Natasha: Mas é pra mim é difícil relaxar.
Natasha: é difícil respirar
Natasha: E eu estou em pânico.
Natasha: E tem algo nos meus pés.
Natasha: Algo está se esfregando em mim.
Natasha: Será que são vermes?
Natasha: Oh Deus, espero que não sejam vermes.
Natasha: Eu odeio vermes!

Nina: Acalme-se. Você já está imaginando coisas.

Natasha: Mas e se forem vermes?
Natasha: Ou aranhas. Ou ratos?
Natasha: Oh Deus, eu tenho pavor de ratos!

Nina: Acalme-se Natasha.

Natasha: O ar está acabando.
Natasha: De verdade.

Nina: A ajuda já está a caminho.
Nina: Seus pais disseram que estão perto do cemitério.
Nina: estou falando com seu pai no telefone agora.

Natasha: Eles ainda não chegaram !???
Natasha: Eu não aguento mais Nina!
Natasha: Mal posso respirar!
Natasha: E tem algo aqui embaixo!
Natasha: Eu juro! Tem algo rastejando nos meus pés!
Natasha: Acendi a luz do meu celular, mas não consigo ver o que é.
Natasha: Nina?
Natasha: Nina!

Nina: Eles estão a dois quarteirões de distância

Natasha: Mal posso esperar!
Natasha: eu estou sufocando!
Natasha: Eu não tenho ar suficiente Nina.
Natasha: Diga ao meu pai para se apressar, por favor.
Natasha: POR FAVOR!
Natasha: Eu não posso respirar Nina.
Natasha: Diga ao meu pai…
Natasha: Diga a ele para se apressar.
Natasha: NINA DIGA MEUS PAIS PARA SE APRESSAREM!
Natasha: Porque eu não aguento mais
Natasha: Eu não posso respirar mais
Natasha: tem alguma coisa rastejando minhas pernas!
Natasha: NINA POR FAVOR.

Nina: \o/

Natasha: NINA!

Nina: Hahaha.

Natasha: NINA?! POR QUE VOCÊ ESTÁ RINDO?!

Nina: Hehehehehe.

Natasha: NINA ?!?

Nina: Acho que posso lhe contar agora.

Natasha: O QUE !???

Nina: Não tem ajuda nenhuma indo aí.
Nina: eu estava mentindo.
Nina: eu só estava te mantendo ocupada, para que você não tentasse entrar em contato com mais ninguém.

Natasha: O QUE ??!
Natasha: Por que você faria isso Nina?!
Natasha: Estou sufocando!

Nina: Você é realmente tão estúpida assim?
Nina: Você ainda não percebeu?
Nina: Fui eu quem te deu o veneno que te deixou assim.
Nina: Eu injetei em você novamente no funeral.
Nina: E eu coloquei seu celular no caixão.
Nina: Eu queria que você soubesse quem foi que fez isso com você.

Natasha: O QUE ??
Natasha: DO QUE VOCÊ ESTÁ FALANDO NINA?!
Natasha: Estou sufocando!

Nina: eu sei.
Nina: E agora é tarde demais para pedir ajuda.

Natasha: MAS POR QUE ??
Natasha: Por que você faria isso comigo?
Natasha: O que eu fiz para você?

Nina: Você ainda tem coragem de perguntar?
Nina: Você não lembra?
Nina: Você não se lembra quando roubou meu namorado de mim?
Nina: Eu estava apaixonada por Martin e você o tirou de mim.

Natasha: Mas isso foi há dois anos !!
Natasha: Você disse que já tinha superado essa história.

Nina: Bem, acho que não superei então.
Nina: Eu amava Martin desde os 7 anos de idade.
Nina: E você me traiu.
Nina: E nunca parou de doer.
Nina: E eu te odeio desde então.
Nina: Eu planejo isso há muito tempo, Natasha.
Nina: Eu queria ver você sofrer.

Natasha: NÃO!
Natasha: AVISE MEUS PAIS!
Natasha: Eu não posso respirar mais !!

Nina: Você merece!!!
Nina: Adeus para sempre, Natasha.
Nina: Aproveite sua estadia no subterrâneo…
Nina: Com os ratos, as aranhas e os vermes …
Nina: Por toda a eternidade.
Nina: 🐀 🕷 🐛 😭 😜

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no tumblr

Curso - Desenvolvimento de Games - Completo

Aprenda como Criar e Programar seus Próprios Jogos. Mesmo que esteja começando HOJE!O Curso INÉDITO no Brasil está com uma super promoção e pode ser seu.Ainda com Acesso Vitalício, Suporte Individual, Certificado, Novas Aulas e Muito MAIS!Aprenda a Programar seus Próprios Jogos

Deixe um Comentário

Outros Posts

Sentimento Proibido [História de Terror]

Em “Sentimento Proibido” você saberá até que ponto um sentimento extremo pode levar uma pessoa que só quer amar. Quando soube de sua gravidez, a jovem Helena ficou aterrorizada e não sabia que atitude tomar.

Leia Mais

O Horror no Museu [H. P. Lovecraft]

Foi apenas curiosidade o que levou Stephen Jones ao Museu Rogers pela primeira vez. Alguém lhe falara a respeito do estranho lugar subterrâneo na Southwark Street, do outro lado do rio, onde criaturas de cera

Leia Mais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Login

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Login

Faça o Login para ter acesso à muitas novidades no nosso site!

[ihc-login-form]

Pesquisa