Início Histórias de Terror Lentes de Contato

Lentes de Contato

por Mundo Sombrio
7 comentários 2108 visualizações
lentes de contato história de terror mundo sombrio

Elena tinha se apaixonado por um garoto da universidade desde o início do curso. Ela não conseguia esconder e até seus colegas brincavam. No entanto, ela não se atreveu a dar nenhum passo, primeiro porque sabia que Arturo (esse era o nome do garoto) tinha uma namorada e segundo porque sua timidez a bloqueava e a fazia parecer idiota quando tentava falar com ele.

O garoto, claro, já sabia e a manteve “em reserva”, caso ele terminasse com a namorada. A pobre Elena percebeu como ele também flertava e lhe dava esperança, mas sem especificar nada e a mantinha em um estado de encantamento que o impedia de olhar para outros rapazes que eram loucos por ela. Ela era uma das garotas mais bonitas do campus e também sabia tirar proveito como ninguém com roupas muito justas e maquiagem impecável, com a qual ela foi para a aula mesmo nos dias mais quentes.

Um dia, parecia que a sorte de Elena mudaria quando ela descobriu que Arturo havia terminado com a namorada, aparentemente devido ao ciúme (é claro, sem fundamento, porque Arturo nunca fora infiel à ex-namorada). Elena inadvertidamente desenhou um sorriso em seu rosto quando descobriu, já que as notícias se espalharam como fogo e todos os seus amigos que sabiam que ela era louca por ele.

Mas o que mais surpreendeu Elena foi que quase no final das aulas o próprio Arturo veio falar com ela e a convidou para um churrasco na casa de campo que seus pais tinham nas montanhas. Elena quase desmaiou de empolgação e, é claro, aceitou a oferta, para a qual algumas de suas amigas também foram convidadas.

Elena pensou e tentou planejar como iria se aproximar de sua paixão sem ser muito óbvia ou parecer fácil. Ela só tinha três dias para ser o mais bonita possível naquele dia e até definiu uma agenda de tarefas que tinha que fazer antes de ir à festa, como: manicure e pedicure, ir ao cabeleireiro e até receber um tratamento facial esfoliante para remover cravos e limpar o rosto da pele seca.

Nos dias anteriores, não havia mais nada na mente da garota, a não ser a festa, e ela passou duas tardes fazendo compras para encontrar o biquíni perfeito e algumas roupas que pareciam casuais, mas que a faziam se sentir mais bonita. Ele foi até vários oculistas à procura de lentes coloridas que pudessem destacar seus olhos, mas que não eram muito falsas. Mas seu orçamento praticamente acabara com tantos tratamentos e tardes de compras, então as poucas lentes que ela encontrou eram muito caras e ele não podia pagar.

Leia Também:  Museu de Cera [História de Terror]

Angustiada por querer que tudo fosse perfeito, ela foi para a Internet procurando uma loja próxima onde pudesse comprar as lentes de contato com o dinheiro que restara. Em poucos minutos, ele encontrou um importador chinês que parecia ter a maior variedade de lentes coloridas com uma enorme variedade de tons e preços (ou pelo menos era o que dizia o slogan).

Ela correu para chegar lá antes da loja fechar. Felizmente, já estava preparada com o código do produto, então os donos da loja a atenderam rapidamente. A caixa e a qualidade das lentes pareciam deixar muito a desejar, mas Elena sabia que, pelo preço que tinham, não poderia esperar mais. Além disso, ele só precisava deles para aquela tarde; depois poderia comprar outro par mais caro no oculista. Ela precisava estar bonita a todo custo e sentir-se incomodada por algumas horas não era um problema.

Quando o dia do churrasco chegou, a aparência de Elena era simplesmente espetacular. Seus colegas de classe se viraram para olhá-la surpresos. Sem dúvidas, o investimento que ela havia feito para ficar bonita estava valendo a pena, pois até surpreendeu Arturo, que olhou para ela com uma cara de idiota em algumas ocasiões. Durante toda a manhã, ela teve que despachar os outros garotos que estavam na festa e que não paravam de vir falar com ela, pois não queria que Arturo a visse conversando com outras pessoas.

O churrasco começou e, entre a fumaça inicial e o calor do meio dia, todos os jovens estavam encharcados de suor e decidiram dar um mergulho na piscina. Elena, é claro, não estava disposta a se molhar, pois ela havia investido muito dinheiro em cabelos e maquiagem para estragar sua aparência intocada, se divertindo com o resto.

Arturo, como um bom anfitrião, continuou alimentando a fogueira e Elena viu o momento perfeito para vir conversar com ele, já que todos os outros convidados estavam brincando na piscina.

— Olá Arturo! Obrigada pelo convite, a festa está ótima!

— Uau, Elena! Você está tão bonita que, quando entrou pela porta, eu mal te reconheci.

Elena sorriu e uma conversa começou entre os dois que se aproximavam cada vez mais. Quando já estavam conversando por mais de quinze minutos, o fogo do churrasco (que quase não foi assistido por Arturo) era tão forte que o calor era insuportável, mas nenhum deles parecia disposto a quebrar aquele momento mágico que era sem dúvida o prelúdio para o primeiro beijo.

Leia Também:  O Filho do Padre [História de Terror]

Mas algo inesperado aconteceu: quando Arturo criou coragem, colocou a mão no quadril de Elena e para poder beijá-la, a ex-namorada do garoto apareceu em cena gritando:

— Eu sabia! Você estava esperando eu me virar para dormir com alguém! Você é como todo mundo!

O garoto ficou paralisado por um momento, como se ele tivesse que se explicar à ex-namorada por seu comportamento, mas naquele momento ele lembrou que eles haviam terminado, que o relacionamento deles estava quebrado e que ele estava livre. Ele caminhou até ela e a levou a um canto do jardim, onde começou a conversar com ela, tentando acalmá-la e impedi-la de fazer um show.

Elena permaneceu parada no local sem saber o que fazer e sem poder desviar o olhar de sua paixão, que estava discutindo acaloradamente do outro lado do churrasco. Fazia muito calor e seus olhos estavam coçando muito, mas ela estava tão bloqueada e magoada com a situação que não se importou e passou estoicamente vários minutos no local até que aconteceu algo inesperável.

De repente Arturo se inclinou e beijou apaixonadamente sua ex-namorada. Parecia que todo o seu esforço e o momento mágico que ela vivera com ele alguns minutos atrás se foram. Incapaz de contê-las, duas lágrimas começaram a escorrer de seus olhos vermelhos e secos. Naquele momento, ele sentiu uma dor tão forte que teve que colocar as mãos no rosto. Era como se suas lágrimas fossem ácidas, seus olhos ardiam e ela começou a gritar como louca.

Seus amigos não sabiam como reagir e a cercaram para ajudá-la, mas ela continuou gritando de dor e se contorcendo no chão. As lentes de baixa qualidade que a garota havia comprado dos chineses pareciam ter sido derretidas com o calor intenso do churrasco; e suas lágrimas, quando entraram em contato com o plástico, se transformaram em vapor e terminaram de amolecê-las.

Suas amigas tentaram acalmá-la derramando um pouco de água fria nos olhos, mas parece que só piorou a situação, porque as lentes, esfriando tão rapidamente, ficaram completamente coladas às córneas. Arturo e outros amigos a levaram ao hospital mais próximo em menos de meia hora, mas depois de várias operações durante semanas sem fim, Elena sofreu o infortúnio de perder a visão nos dois olhos. Era impossível remover o plástico derretido dos olhos sem causar danos irreparáveis.

Você também pode Gostar

7 comentários

lucas 1 de abril de 2020 - 14:32

AAAAAA que agoniaaa. like muito bom adoro essas historias e os relatos obrigado pelas postagens

Responder
Mundo Sombrio 1 de abril de 2020 - 15:17

Valeu pelo carinho e pela presença Lucas. Fique sempre conosco! Abraços Sombrios!

Responder
thiago 3 de abril de 2020 - 00:31

gostei

Responder
Ellem 5 de abril de 2020 - 15:06

Muito boa essa história, apesar de dar um pouco de arrepio mas é muito boa?

Responder
Mundo Sombrio 5 de abril de 2020 - 16:42

Obrigado pelo comentário Ellem! Mas é essa a intenção! rs! Continue sempre conosco. Abraços Sombrios!

Responder
Karthus 22 de abril de 2020 - 01:09

Adorei a Historia, muito bem contada!

Responder
Alexsandra Aredes 22 de abril de 2020 - 19:24

sem ofensas mas vcs ja fizeram historias melhores
bjss e abraços de arepios
obs: TA DE NOITE AGORA ENTAO QUERO ALGO QUE DE MEDO

Responder

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alert: Esse conteúdo está protegido!