Início Histórias de Terror Marcas de Mãos

Marcas de Mãos

por Mundo Sombrio
0 comentário 29 visualizações
marcas de mãos história de terror mundo sombrio

Certo dia, um casal saiu para terem um encontro. Como eles queriam um pouco de privacidade, dirigiram para uma montanha conhecida por ser um bom local para casais jovens aproveitarem um tempo a sós.

Algumas horas depois, o sol começou a se pôr e eles resolveram voltar para casa. Em algum momento da viagem, eles fizeram uma curva em uma estrada errada e se viram em um local com a qual não estavam familiarizados, como já estava bastante tarde, não dava pra voltar. Então eles continuaram pela estrada estreita até que se viram em frente de um túnel. Com certeza eles não tinham passado por aquele lugar. Mas mesmo assim, apesar de ser muito assustador e escuro, eles resolveram seguir lentamente e com muita cautela pelo túnel.

BANG!!!

Assim que a escuridão envolveu o carro, algo bateu com força na janela traseira. Assustada, a mulher virou-se para ver o que era, mas não conseguiu enxergar nada. Não tinham outros carros atrás deles, ou seja, eles estavam sozinhos ali naquele túnel.

BANG!!! BANG!!!

O namorado, muito nervoso e assustado, começou a acelerar na tentativa de sair do túnel mais rapidamente.

BANG!!! BANG!!! BANG!!!

BANG!!! BANG!!! BANG!!! BANG!!! BANG!!! BANG!!!

Parecia que dezenas de coisas estavam atingindo o carro de todas as direções. O homem desceu o mais fundo possível o pé no acelerador. Ambos queriam sair daquele lugar e encontrar pessoas o mais rápido possível. Finalmente o túnel terminou depois do que pareceu uma eternidade e, pouco depois, encontraram o caminho para um pequeno posto de gasolina ao lado da estrada.

Os dois saíram do carro e sentiram alívio imenso enquanto estavam sob as luzes brilhantes do posto de gasolina. No momento em que se preparavam para voltar ao carro, a mulher notou que tinham marcas de mãos nas janelas do veículo. Elas eram de todos os tamanhos e havia apenas uma polegada de espaço no vidro que não estava coberto de marcas de mãos. Abalados, pediram ao funcionário do posto de gasolina que limpasse as janelas para eles.

Leia Também:  Uma Silhueta na Janela

Os dois se sentaram no carro e observaram o homem rapidamente começar a trabalhar na limpeza das janelas. Enquanto ele limpava e esfregava, os dois no carro sentiram um frio amedrontador lhes subir as espinhas. Ele continuou esfregando da mesma forma, mas quando ele terminou todas as janelas, inclinou a cabeça para o lado, caminhou até a janela do motorista, pediu que o rapaz abaixasse o vidro e lhes disse:

— Sinto muito Senhor – disse ele – mas todas essas marcas de mãos estão por dentro das janelas.

Você também pode Gostar

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alert: Esse conteúdo está protegido!