2.7
2,7 rating

Museu de Cera [História de Terror]

O museu de cera não é um dos lugares prediletos das pessoas, pois a maioria se incomoda com os sorrisos estéticos e os olhares assustadores dos bonecos, além também, de ser um lugar um pouco sombrio.

Estava parado e próximo a alguns bonecos. Tudo monótono e eu acreditando que ninguém entraria nesse dia. Até que o barulho de algo cortou o silêncio sinistro do ambiente. Vi uma mulher vindo rapidamente em direção a mim. Parecia assustada e tentando encontrar ajuda.

A mulher, aparentava estar bastante cansada, caiu quase que nos meus pés e ficou observando em todas as direções para ver se encontraria amparo. Logo em seguida, apareceu um homem que começou a sufocar a mulher com um mata-leão. No momento em que ela finalmente se entregou ao golpe violento, ficou desacordada.

Como eu já disse, o museu de cera não é um dos lugares prediletos do público. Na situação em que me encontrava, não poderia fazer nada além de observar. O agressor olhou em todas as partes e não notou a minha presença. Colocou o pé no pescoço da mulher e, com um gesto forte, quebrou-o. Logo em seguida, desapareceu deixando a sua vítima caída ali.

Após algumas horas, uma família apareceu e encontrou o corpo jogado ao chão. Eles aproximaram-se e perceberam que ela não estava respirando, então ligaram para a emergência. Não demorou muito para a polícia chegar e começar a vasculhar o museu todo, porém, não encontram nada além de bonecos de cera. Alguns peritos chegaram à cena do crime e não fizeram nada além de coletar evidências.

O tempo foi passando, a noite chegou e o silêncio mórbido tomou conta do lugar novamente depois de tanto movimento após o assassinato daquela mulher.

Mas a verdade é certa. A maioria das pessoas presentes naquele momento, esteve incomodada com as réplicas de cera, com seus sorrisos plastificados e os seus olhares vibrantes. Ninguém queria, além da imagem de um corpo com o pescoço quebrado no chão do museu, ficar com a cena dos bonecos em suas mentes. Então, apenas trataram de ignorá-los, inclusive a mim que estava diante das pessoas.

Ninguém nem notou que a única coisa que eu conseguia mexer no momento, eram meus olhos…

museu de cera história de terror mundo sombrio
História de Terror: Museu de Cera

História de Terror escrita por Sombrio. Corrigida e adaptada por Mundo Sombrio

O que você achou da História de Terror ‘Museu de Cera’? Deixe sua opinião aí nos comentários. Abraços Sombrios!

Licença de Uso
O conteúdo do site está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional. Você pode copiar o conteúdo desde que cite o autor e o link da matéria. Com exceção a seção de Histórias de Terror, que possui direitos autorais reservados.

Importante: Os textos aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e podem não expressar a opinião do Mundo Sombrio.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no tumblr

Escolhidos Para Você

Deixe Seu Comentário

error: O Conteúdo está protegido por Direitos Autorais!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Pesquisa