“Fantasmas” assustam as pessoas nas ruas para ajudar no isolamento por coronavírus

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Os ‘fantasmas’ saltam para cima dos transeuntes desavisados ​​nas ruas escuras, em cima de veículos, em estacionamentos, sentados em bancos ou em outros espaços públicos na Indonésia e na Malásia

Voluntários estão se fantasiando e se espreitando à noite para assustar as pessoas para que elas respeitem o isolamento por coronavírus na Indonésia e na Malásia.

Veja o Vídeo

Usando lençóis brancos, os ‘fantasmas’ foram vistos pulando em transeuntes inocentes nas ruas escuras. Essa é uma das medidas mais bizarras destinadas a conter a propagação do vírus, mas reflete uma superstição milenar em partes do sudeste da Ásia.

Conhecidas como “pocong”, as figuras fantasmagóricas são tipicamente envoltas em mortalhas brancas com rostos empoados e olhos com aros de kohl, e representam as almas presas dos mortos.

Pocong indonesia • mundo sombrio
Dois ‘fantasmas’ sentados em um banco na vila de Kepuh, na Indonésia, para assustar as pessoas para que elas fiquem em casa (Imagem: REUTERS)

A vila de Kepuh, na ilha de Java, lançou um elenco de “fantasmas” para patrulhar as ruas e promover o distanciamento social.

Anjar Pancaningtyas, chefe de um grupo de jovens que coordenou a polícia, disse:

Queríamos ser diferentes e criar um efeito dissuasor, porque o ‘pocong’ é assustador.

Mas quando começaram a aparecer este mês, tiveram o efeito oposto. Ao invés de manter as pessoas dentro, elas começaram a aparecer para ver as aparições.

Desde então, os organizadores mudaram de estratégia, lançando patrulhas surpresa de pocongs, com voluntários da aldeia fazendo o papel dos fantasmas.

O presidente Joko Widodo resistiu a um isolamento nacional para conter o coronavírus, em vez disso, instando as pessoas a praticar distanciamento social e boa higiene.

Mas com a maior taxa de mortes por coronavírus na Ásia depois da China, algumas comunidades, como a vila de Kepuh, decidiram tomar medidas com suas próprias mãos, impondo patrulhas fantasmagóricas, bloqueios e restringindo o movimento dentro e fora de sua vila.

Priyadi, chefe da vila, disse:

Os moradores ainda não têm consciência sobre como conter a propagação do Covid-19. Eles querem viver normalmente, por isso é muito difícil seguir as instruções de ficarem em casa.

Atualmente, existem mais de 4.500 casos confirmados de coronavírus na Indonésia e 399 mortes. Pesquisadores da Universidade da Indonésia estimam que possa haver 140.000 mortes e 1,5 milhão de casos até maio.

Quando um jornalista da Reuters visitou recentemente a vila de Kepuh, a estratégia sobrenatural parecia estar funcionando, com os moradores fugindo de medo quando os fantasmas se materializaram.

O residente Karno Supadmo disse:

Desde que o pocong apareceu, pais e filhos não deixaram suas casas. As pessoas não se reúnem ou permanecem nas ruas após as orações da noite.

No estado de Terengganu, na Malásia, Muhammad Urabil Alias ​​se veste como um fantasma barbudo para assustar seus jovens vizinhos para que cumpram com o isolamento e foi visto em pé em cima de um carro.

Uma foto assustadora tirada por sua esposa, Norhayati Nayan, 39, foi viral no Facebook.

Mas ele se assustou quando policiais armados, todos usando máscaras, bateram mais tarde em sua porta em Chukai.

0 coronavirus • mundo sombrio
A foto assustadora de um ‘fantasma’ em Chukai, na Malásia, viralizou no Facebook (Imagem: Facebook)

Ele achava que estava com problemas, mas a polícia estava lá para agradecê-lo por ajudar a reforçar o isolamento.

Em um post no Facebook , um homem de 38 anos escreveu:

Outro dias as pessoas estavam morrendo de medo do fantasma. Hoje, o fantasma se assustou quando foi emboscado pela equipe da Hilux negra da polícia do distrito de Kemaman.

O ‘fantasma’ disse ao New Straits Times: 

Pensei que os homens de azul, vestidos com todo o equipamento policial, queriam me prender. Eles perguntaram se eu era a pessoa que se vestia como um fantasma com a intenção de assustar os jovens para que fiquem em casa.

0 coronavirus ghosts • mundo sombrio
Muhammad Urabil Alias ​​posa com policiais que o visitaram em casa (Imagem: Facebook)

Os policiais da delegacia de Kemaman então me disseram para ir vestir a roupa de fantasma e encontrá-los fora de casa. Só Deus sabe o quão assustado eu estava naquele momento. Para minha surpresa, eles me disseram que queriam me agradecer por fazer minha parte.

A Malásia registrou mais de 4.800 casos confirmados de Covid-19 e 77 mortes.

Mundo Sombrio

Mundo Sombrio

Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!