Homem Come Lagartixa na Austrália e Morre

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

David Dowell, um australiano de 34 anos de idade, encontrava-se em uma festa de Natal no dia 1º de Dezembro do ano passado quando foi desafiado a comer uma lagartixa. Após comer o réptil, ele continuou curtindo a festa como se nada tivesse acontecido. Dois dias após o fato, David começou a sentir-se muito mal. 

Sua irmã Hanna, disse ao jornal The Sydney Morning Herald (SMH) que ele teve náuseas e muita diarreia antes de ser levado ao hospital. “Ele estava bem enjoado e, quando começou a vomitar verde, chamamos a ambulância.”, disse ela.

David, pai de três filhos, foi encaminhado ao Mater Hospital Brisbane. À primeira vista, os médicos achavam que se tratava de um caso de gastroenterite ou uma ressaca, situações que poderiam ser resolvidas facilmente. Dessa forma, David seria liberado do hospital, não fosse pela insistência dos familiares. Uma dia depois, na terça-feira, ele foi diagnosticado com infecção por Salmonella — e, a partir daí, foi só ladeira abaixo.

Por ano, 1,2 milhões de pessoas aproximadamente, são acometidas pela bactéria Salmonella nos Estados Unidos. A maioria, desenvolve dores abdominais, vômitos e diarreia, com um tempo de recuperação de 4 a 7 dias. Mas, a coisa pode ser bastante séria. Por ano, 23.000 internações e 450 mortes acontecem nos E.U.A. A tal bactéria pode estar na água ou em vegetais contaminados, além de répteis, como a tal lagartixa.

Homem come lagartixa mundo sombrio
Homem come Lagartixa na Austrália e Morre

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), o contato com esses répteis pode ser a fonte de grande parte dessas infecções, principalmente porque eles têm uma aparência bem saudável — mesmo carregando a bactéria. 

Relatos sobre o caso desse Homem são divergentes: algumas pessoas que estavam no evento declararam que o sujeito de fato comeu a lagartixa… Outros, no entanto, disseram que ele somente havia segurado o bicho. De qualquer forma, o seu quadro se agravou muito com o passar dos dias. As dores eram tão intensas que a equipe médica decidiu colocar o australiano em coma induzido.

“Seus testículos estavam do tamanho de toranjas e havia fluido sendo expelido por eles.”, afirmou sua mãe ao SMH.”. Os médicos disseram que aquele sintoma era normal, pois era somente fluido da cavidade estomacal.”. No dia 11 de Dezembro, apenas dez dias depois de ter ingerido a lagartixa, David foi acometido por uma falha grave em seus órgãos sexuais e morreu durante uma cirurgia.

Os parentes têm muitas dúvidas e desconfianças sobre o tratamento que o hospital e os médicos deram ao homem e, agora, eles aguardam mais esclarecimentos.

No fim das contas, a família fica sem a certeza do que realmente matou David, mas “a certidão de óbito oficial diz que a ingestão da lagartixa foi a causa”, declarou Allira Bricknell, sua companheira de vida. A repercussão da morte inusitada de David está sendo usada para atentar pessoas aos sintomas da bactéria Salmonella — afinal, muitos não pensam que a bactéria pode ser realmente perigosa.

Então, cuidado ao ficar manuseando esses bichinhos e nada de inventar de engolir nada que você não tenha certeza de ser comestível. Abraços Sombrios!

Mundo Sombrio

Mundo Sombrio

Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!