Pretty Nightmare – Capítulo I [Livro de Terror]

Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no tumblr

Capítulo I – Lar Escuro Lar

“Liberte essa alma”

— De quem é essa voz – ela pensa cansada e com a vista embaçada.

— Aonde eu estou? – ela se questiona olhando para os lados procurando algum tipo de referencial de onde possa estar.

— Por que eu estou amarrada em uma cama? O que está havendo? – ela se pergunta ainda confusa e atordoada.

— Celeste, CELESTE! – uma voz masculina grita e a sacode de leve.

— Ahhh! – ela grita e acorda de uma vez – O que houve?

— Você estava tendo um pesadelo querida. Estava gritando e eu te acordei. Você se lembra com o quê estava sonhando para te deixar assim tão assustada?

— Não muito bem, Sebastian. Só me lembro de ouvir uma voz dizer “Liberte essa alma”.

— Hmmm… – o semblante de Sebastian se fecha repentinamente e fica pensativo – Foi só um sonho querida, não foi nada de mais, está bem?

— Sim! – Sebastian abraça Celeste em uma tentativa de acalmá-la, mas no fundo ele sabe que ela não está bem.

— Hora de levantar, eu faço o café – disse ele.

Sebastian se levanta e vai para a cozinha preparar o café enquanto Celeste permanece na cama ainda com uma sensação ruim na boca do estômago.

— Foi só um sonho Celeste, pare de se preocupar por nada – ela diz pra si mesma e vai para a cozinha.

— Que cheiro delicioso é esse? – a moça pergunta.

— Bollerías de Chocolate. O café já está pronto e tem suco de laranja também. Se quiser pode ir se servindo.

— Tá bom!

Antes de se sentar à mesa, Celeste para em frente à janela de sua cozinha e olha direto para o seu jardim com suas flores e árvores frutíferas favoritas. Todas foram plantadas por ela e por Sebastian quando se mudaram para aquela casa. Ela vê aquela paisagem todo dia assim que vai tomar café e não consegue evitar de ser invadida por uma súbita onda de felicidade e pelo pensamento de como a sua vida era perfeita do jeito que era.

— O que foi amor?

— Nada querido. Só parei por um instante pra me lembrar do quanto a minha vida é boa.

— Está bem então. Vamos tomar café?

Eles se sentam e tomam o café da manhã e, como de costume, falam sobre as coisas que farão pelo resto do dia.

Após terminarem a refeição, eles lavam as vasilhas que sujaram enquanto ouvem o rádio.

— Está ouvindo essa música? – ela pergunta sabendo do significado daquela música para eles.

— Sim, estou.

Então, os dois param de lavar os pratos, se abraçam e começam a dançar lentamente.

“Em nome de Deus, Virgem Imaculada salve essa moça”

— Quem está falando isso? – Celeste começa a se questionar mentalmente enquanto sua cabeça ainda está recostada no peito de Sebastian.

— De onde está vindo essa voz?

Ela começa a ficar assustada com aquilo e levanta sua cabeça para procurar o dono daquela voz. Ela olha para Sebastian e então fica horrorizada com o que vê. O homem alto, lindo, de barba, cabelos e olhos castanhos com quem se casara, não era mais o mesmo. Ela agora via um homem decrépito, com a esclera dos dois olhos vermelhas como sangue, os dentes estavam em um tom forte de amarelo e ele emanava um odor forte de cadáver em decomposição avançada.

— AHHHHHHH! – ela solta Sebastian bruscamente devido à visão assustadora.

— O que houve Celeste? – Sebastian pergunta completamente surpreso com a reação inesperada de sua esposa.

— O seu rosto, ele estava…

— Querida, está tudo bem comigo, viu?! Eu sou o mesmo de sempre.

— Eu devo estar, devo estar… – A moça gagueja devido ao que vira pouco tempo atrás.

— Está tudo bem, meu amor.

Então Sebastian abraça Celeste de maneira forte como alguém que se agarra a algo que não deseja ceder.

— Está tudo bem. Eu estou aqui. Nada vai nos separar.

A vida perfeita. O marido perfeito. um verdadeiro sonho. Mas será que este sonho está prestes a acabar devido o maior inimigo de Celeste: Sua mente? Ou será que existe algo mais por trás dessas visões horríveis?

Fique sabendo isso e muito mais nos próximos capítulos de Pretty Nightmare!

https://www.mundosombrio.com.br/pretty-nightmare-capitulo-ii/
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no tumblr

Curso - Desenvolvimento de Games - Completo

Aprenda como Criar e Programar seus Próprios Jogos. Mesmo que esteja começando HOJE!O Curso INÉDITO no Brasil está com uma super promoção e pode ser seu.Ainda com Acesso Vitalício, Suporte Individual, Certificado, Novas Aulas e Muito MAIS!Aprenda a Programar seus Próprios Jogos

Deixe um Comentário

Outros Posts

Kayako [Lenda Japonesa]

Kayako é uma lenda urbana japonesa assustadora sobre uma mulher que foi assassinada por seu marido e voltou como um fantasma vingativo. Esta história apareceu no filme ‘The Grudge’ (ou Ju-on no Japão). Quando Kayako

Leia Mais

Sussurros da Noite [História de Terror]

A História de Terror “Sussurros da Noite”, conta a história, ou na verdade, um relato, sobre um garoto que não consegue mais distinguir o real do sobrenatural. Sinta a ansiedade de Pedro em “Sussurros da

Leia Mais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Login

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Login

Faça o Login para ter acesso à muitas novidades no nosso site!

[ihc-login-form]

Pesquisa