Imagina só, você em casa à noite, sozinho com sua irmã e, de repente ouve um barulho. Você vai lá ver ou deixa pra lá? Lê aí ‘Um barulho à Meia Noite’
Tudo começou quando eu e minha irmã Megan estávamos assistindo TV em um sábado a noite!
Nossos pais tinham ido fazer uma pequena viagem de férias em comemoração aos seus muitos anos de casados. Como na época eu tinha 17 anos e Megan tinha 15 , eles não viram problema em nos deixar tomando conta da casa durante alguns dias.
Faltavam alguns minutos para meia noite, quando de repente, ouvi um barulho vindo do porão e perguntei à minha irmã:
-Você ouviu esse barulho!?
-Que barulho!?
-Parece ter vindo do porão. Respondi indo em direção às escadas para investigar.
Fui me aproximando lentamente até a porta e a abri tentando fazer o menor barulho possível.
Tentei ligar a luz, mas a tentativa foi em vão, porque por algum motivo, as luzes deixaram de funcionar. Então, mesmo na escuridão desci as escadas.

→ Mande seus Relatos pra Gente Postar Aqui

Foi quando senti uma rajada de vento, como se um vulto passasse por trás de mim. Me virei rapidamente, mas não consegui ver nada.
De repente, em um canto bem escuro do porão, eu vi o que parecia a silhueta de alguém abaixado me observando. Eu gelei, meu coração começou a bater rápido e o medo tomou conta de mim. Acabei que fiz aquela pergunta idiota de filmes de terror:
-Quem está aí?
Como se aquilo fosse responder:
-Sou eu…! Desculpa o inconveniente – Enfim, é óbvio que ninguém respondeu.
Então lembrei que estava com meu celular no bolso. Peguei-o rapidamente e liguei a lanterna para saber o que estava ali me observando.
Apontei para o assustador canto escuro e aí me deparei com…
Alguns sacos de lixo empilhados, que coincidentemente formava a silhueta de uma pessoa.
Ufa, ainda bem!
Minha irmã e eu rimos muito do ocorrido. Mas aí você me pergunta:
-E o barulho que você tinha ouvido antes!?
Era só um esquilo que resolveu dar as caras mais tarde.
Escrito por: Guilherme Morelatto
E aí, o que você achou desse relato? Apreensivo né? Ainda bem que não era nada demais! Deixe sua opinião aí nos comentários.
Se você tem Histórias de Terror, Relatos, Lendas Urbanas, Creepypastas e etc. Manda pra gente publicar. Através desse link AQUI, você pode nos mandar suas experiências e conhecimentos. Abraços Sombrios.

→ Leia Mais Relatos Aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *