Ventríloquo Usava Cadáver de Menino como Boneco

Talvez não passe de uma lenda urbana, mas será que um Ventríloquo usava Cadáver de Menino como Boneco mesmo? Você acredita nisso? Esse tipo de história repetida muitas vezes acaba se tornando real. O tempo e a palavra da boca distorcem a história, é verdade, mas também é verdade que, muitas vezes, nem todas as lendas são tão fictícias como muitos pensam.

A História

Era o ano de 1920 e, à sombra de um artista que eles chamavam de “O Grande Lester”, o ventríloquo tornou-se um espetáculo florescente que encheu os salões dos principais teatros dos Estados Unidos. Entre todos os ventríloquos da época, havia um que, apesar de dizer que seu show não era muito brilhante, conseguiu se tornar famoso em um curto espaço de tempo.

Seu nome era McCarthy, um ventríloquo que cativou a quem o testemunhou. Seu ato era simples, onde fazia uso de apenas um personagem ao longo do show: Edgar, um boneco que parecia um menino gordinho entre seus 9 e 10 anos de idade, porém com feições muito estranhas que impossibilitavam de não olhar para ele.

Ventríloquo Usava Cadáver de Menino como Boneco 1
McCarthy e Edgar

O Boneco Edgar

Suas mãos eram muito reais, sua boca muito expressiva e sua estatura muito diferente da de uma boneco de ventríloquo comum. Edgar era mais alto e seus olhos, embora fossem de uma boneco de madeira, refletiam um vazio que dificultava a manutenção de um único olhar sem olhar para baixo ou direcioná-lo para outro lugar.

McCarthy não permitia que ninguém chegasse perto de Edgar, sempre mantendo-o dentro do baú onde carregava o mesmo.

Ventríloquo Usava Cadáver de Menino como Boneco 2

Esses fatos, juntamente com o fato de Edgar não abrir a boca quando McCarthy emitia sons ventrais, começaram a conferir ao espetáculo, auxiliados também pela ingenuidade e inculturação da época, um caráter demoníaco ou infernal.

De fato, muitos pais começaram a proibir seus filhos de assistirem aos programas de McCarthy e Edgar; eles despertaram admiração, terror e ódio ao mesmo tempo.

O Último Show

Em seu último show em Nova York, McCarthy e Edgar se atrasaram para subirem ao palco e os gerentes do teatro resolveram chamá-los no vestiário. Porém, assim que chegaram lá, encontraram a porta trancada e, de tanto baterem e ninguém abrir, resolveram chamar a polícia.

A polícia, forçando a porta e entrando no vestiário, percebeu que a mesma tinha sido trancada por dentro e, mais adentro, jazia o corpo de
McCarthy com 27 facadas, a garganta severamente rasgada e os olhos removidos a 1m de distância do corpo.

Ventríloquo Usava Cadáver de Menino como Boneco 3
McCarthy misteriosamente morto

Aproveitaram para abrir o baú de Edgar e descobriram que o fantoche não era apenas um boneco, mas o cadáver de uma criança de carne e osso.

Ninguém sabe quem assassinou McCarthy ou como o assassino teria escapado do vestiário com a porta trancada pelo lado de dentro; nem a verdadeira identidade de Edgar é conhecida e nem como McCarthy conseguira manter um cadáver em tão boas condições por tanto tempo.

Será apenas uma Lenda Urbana, ou será Real? Você decide no que acreditar!

Compartilhe nas Redes
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no tumblr

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Login

Faça o Login para ter acesso à muitas novidades no nosso site!

[ihc-login-form]

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site. Se estiver de acordo clique em ACEITAR, mas se estiver em dúvida, leia nossa Política de Privacidade.​

Pesquisa