Shtriga ou Striga | Conheça a Bruxa que se Alimenta da sua Alma

shtriga mundo sombrio

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr

Uma bruxa, assim como a Shtriga, é geralmente retratada no imaginário popular como uma mulher antiquada, com nariz grande e encarquilhada, exímia e contumaz manipuladora de Magia Negra e dotada de uma gargalhada terrível. A palavra vem do verbo italiano bruciare, que significa queimar (brucia).

Na época da Inquisição, estrangeiros fora da Itália ao ouvirem gritar brucia associaram a palavra com a ré. É inegável a conexão entre esta visão e a visão da Hag ou Crone dos anglófonos. É também muito popularizada a imagem da bruxa como a de uma mulher sentada sobre uma vassoura voadora, ou com a mesma passada por entre as pernas, andando aos saltitos.

Alguns autores utilizam o termo, contudo, para designar as mulheres sábias detentoras de conhecimentos sobre a natureza e, possivelmente, magia.  

A Striga

A Shtriga ou Striga é, em algumas culturas, um tipo de bruxa, mas em outras, um tipo de vampiro que se alimenta de Spiritus Vitae. Sendo assim, ela se alimenta da alma das pessoas enquanto elas dormem, principalmente de crianças por terem as almas mais puras. Essa bruxa deixa suas vítimas mais fracas e sucessíveis a pegar qualquer doença.

Essa bruxa se alimenta até a última gota de Spiritus Vitae da pessoa, fazendo vários ataques até que a vítima morra. Reza a lenda que a Shtriga ou Striga, depois que se alimenta da Spiritus Vitae da pessoa, se transforma em algum inseto para não ser pega. Ela é frequentemente retratada como uma mulher com cabelos pretos e longos, vestindo uma capa e um rosto terrivelmente desfigurado.

“A expressão “Shtriga”, deriva do latim “Strix”, mocho, um espírito demoníaco voador que, atacava durante à noite.”

A Shtriga costuma se alimentar a cada 20 ou 25 anos, deixando um rastro de mortes sem explicações por onde ela passa. A vítima atacada pela Shtriga, somente pode ser curada se a Shtriga que a atacou for morta ou desfizer o feitiço, devolvendo assim a parte de Spiritus Vitae roubada.

A Shtriga costuma se disfarçar de outras pessoas para poder se aproximar de suas vítimas
 

Como se Proteger?

Não é tão fácil se proteger de uma Shtriga ou Striga, pois se deve ter um amuleto com o sangue que Ela vomitou, por exemplo, se alguém pegar um pano, e colocar o sangue de uma Shtriga junto com uma moeda de prata, ela não poderá chegar perto.

Também pode se colocar uma cruz feita de ossos de porco na entrada de uma Igreja em um Domingo de Páscoa, se a Striga estiver dentro disfarçada, ela não poderá mais sair. Elas também recusam comer qualquer tipo de coisa que seja temperada com alho e algumas vezes deixam os cabelos das meninas brancos quando estão por perto.

A Striga na Série Supernatural

Na série Supernatural, mais precisamente no episódio 18 da primeira temporada, Sam e Dean vão à uma cidade investigar o que estaria causando uma grave epidemia de uma doença que os médicos não conseguem explicar.

Assim chegando na cidade, Sam e Dean topam com uma Shtriga. Dean então, lembra de quando eles eram pequenos. Em uma certa noite, seu pai John Winchester, os deixou sozinhos em um hotel naquela mesma cidade para caçar uma Shtriga. Essa Bruxa, na mesma noite atacou Sam, mas Dean acabou deixando ela escapar escapar.

Por conseguinte, procuram a bruxa que tem a habilidade de se transformar em um ser qualquer. Eles acabam descobrindo que o médico da cidade é a Shtriga e é a mesma que atacou Sam quando pequeno. Então Dean acaba matando a Shtriga e todas as crianças que estavam doentes voltam a ficar bem.

Como matar uma Shtriga

Reza a lenda que a criatura só pode ser morta quando se alimenta de sua vítima com balas de Bronze.

Música para a Striga

O cantor brasileiro Raul Seixas, escreveu uma música na qual Shtriga é chamada de “Senhora Dona Persona”.

Eu sei que você já gosta

De comer nossos bebês

Os mais tenros, mais gostosos

Com volúpia, embriaguez

Senhora dona Persona

Senhora dona Persona

Senhora dona Persona

Não tire mais um filho de mim

Eu queria ver sua cara

Não encontrei nenhuma cara

Mas você ainda me paga

Qualé, tá pensando que é Deus?

Senhora dona Persona

Senhora dona Persona

Senhora dona Persona

Não tire mais um filho de mim

Eu tô fazendo o meu caminho

E não peço que me sigam

Cada um faz o que pode

Os homens passam, as músicas ficam

Deixe um Comentário

Pesquisa