Primeiro Beijo [História de Terror]

A História de Terror “Primeiro Beijo” fala sobre uma menina tímida e antissocial que se encontra na fase do famoso dilema adolescente e suas “paixonites”.
primeiro beijo história de terror

Sou uma garota tímida, sempre fui. Nunca tive problemas com ninguém, não que me lembre. Tenho alguns amigos, mas não fico muito próxima dos homens, talvez essa seja uma razão pela qual nunca tive um namorado… nem ter beijado.

Em meus 17 anos de vida, não fui a muitas festas, pode-se dizer que nunca fiz nenhuma loucura nesse tempo, pois, sempre que sentia esse tipo de impulso, eu me reprimia:

– Não, não! É errado, não devo fazer – Dizia a mim mesma, acalmando minha adrenalina, que lentamente ia se acumulando no meu coração.

No início do ano, comecei a notar um cara. Um garoto de um curso que comecei a fazer tempos atrás.

Com o passar dos dias, começamos a conversar, nos tornamos amigos e acabei gostando dele. Tinha confiança nele. Era muito simpático e carinhoso comigo. Preferia passar o intervalo do curso, ao meu lado, do que com os seus amigos, o que me fez pensar que ele também poderia estar gostando de mim.

Finalmente, alguém de quem eu gostava tinha me notado, mas não havia nada confirmado.

Certa vez, ele me confessou que nunca havia tido uma namorada e também nunca havia beijado. Fiquei chocada! Será que ele sentia o mesmo que eu?!

No final do ano, passamos muito tempo juntos. Gostei muito, mas ainda não me atrevi a dizer, embora a maioria já tinha notado, exceto ele.

Certo dia, estávamos conversando no Whatsapp, já era a última semana de curso e estava pensando em uma maneira de me declarar para ele. Então, do nada, ele escreveu:

– Você é linda!

– Obrigada, você também.

Leia Também:  As Mães Também Mentem

– Sério?

Era a única maneira de me declarar, pois pessoalmente eu não teria coragem:

– Sim. Eu gosto muito de você.

Meu coração começou a bater muito forte. Senti uma euforia transbordando de dentro de mim. Queria pular de alegria, mas não, me acalmei e apenas me dignei a sorrir.

Entretanto, não sabia o que iria fazer no dia seguinte. Como poderia enfrentá-lo? Como seria controlar a minha vontade de correr para abraçá-lo e beijá-lo? Sabia que se fizesse isso, ele poderia não gostar… maldito dilema.

No dia seguinte, tentei desviar o olhar dele, enquanto se aproximava de mim, sorrindo. Também não pude deixar de sorrir.

Ele me chamou de lado e tocou no assunto sobre a conversa que tivemos noite passada. Ficamos nos olhando. Queria muito beijá-lo, mas estava com medo, não sabia o porquê. Não por mim, mas por ele, foi uma sensação estranha, mas a ignorei. Até que marcamos de nos encontrar no final da aula.

Os minutos viravam dias, mal podia esperar para, enfim, dar o meu primeiro beijo.

Não estava prestando atenção naquela aula, até que, finalmente, saímos da classe.

Naquele dia, andamos de mãos dadas por um tempo, até chegarmos a um lugar remoto, onde as pessoas quase não circulavam. Sentamos na grama, nos abraçamos e conversamos um pouco.

Até que, em um dado momento, ambos ficamos em silêncio, olhando um para o outro…  então, instintivamente, roubei-lhe um beijo!

Um curto beijo que me fez roubar um e outro, e outro, e outro…

Nossa! Foi a sensação mais bela que eu já havia sentido em toda a minha vida!

Não queria mais parar de beijá-lo, apertar seus lábios com a minha boca, seus suculentos lábios carnudos.

Leia Também:  Do Outro Lado da Linha

Dessa vez não consegui reprimir a minha adrenalina. Todos esses anos guardando e guardando, mais e mais…

Ele tentava fugir, esperneava, mas eu só queria provar mais daqueles lábios carnudos, suculentos… O doce “mel carmesim” escorria pela minha boca e descia pela garganta, me excitando e me levando à loucura.

Agora entendo porque é tão bom… Beber da seiva de quem tanto se gosta…

Até que, sem respirar, seu corpo esmoreceu em poder dos meus braços

Finalmente…, dei o meu primeiro beijo!

O que você achou da História de Terror “Primeiro Beijo”? Deixe sua opinião aí nos comentários e não esquece de classificá-la também. Abraços Sombrios!

COMPARTILHE ESSE POST

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Posts Recentes

Parceiros