Gula

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Nesta série de Histórias de Terror sobre os 7 Pecados Capitais, você será apresentado ao pecado da Gula.
gula história de terror 1

Henrique fora criado em uma pequena cidade em Osasco. Sua família era muito problemática e o pequeno passou por períodos turbulentos: separação dos pais, a morte de sua mãe por overdose de drogas, sua irmã entrando na prostituição aos 15 anos e seu pai se suicidando em seu aniversário de 10 anos. Henrique teve de ir morar com seu tio em Curitiba e passou a ajudá-lo em seu restaurante. Ele largou os estudos e dedicou seu tempo somente ao restaurante. Quando tinha 13 anos Henrique começou a construir sua ruína, não conseguia ficar mais de uma hora sem comer algo.

Quando completou vinte anos, o rapaz estava irreconhecível, pesava aproximadamente 240 quilos e comia a cada dez minutos. Ele se sentia muito culpado por comer tanto, mas a comida era sua única amiga. Quando ele comia ele se sentia muito bem consigo mesmo e com todas as situações que o impulsionava para o fundo do poço. Henrique continuou comendo e comendo, sua gula não havia fim. Seu tio não via mais saída para seu sobrinho querido e decidiu internar ele em uma clínica de reabilitação para pessoas com transtornos alimentares.

Henrique teve que ser dopado para ser levado à clínica. Quando o rapaz acordou, estava em um quarto branco e bem iluminado. Para seu café havia apenas café adoçado com mel e um par de pães com margarina. Henrique torceu o nariz, mas comeu tudo em menos de um minuto. Seu quarto estava trancado por fora e a janela não tinha passagem para alguém de seu tamanho. Ele tentou gritar para alguém trazer comida, mas não vieram.

Quatro horas se passaram e a fome estava tomando conta do rapaz. Sua cabeça não pensava direito e seu corpo inteiro doía. Para o almoço, só levaram um peito de frango sem pele e purê de batata sem leite. Henrique novamente comeu em menos de um minuto. A vida de Henrique naquele inferno estava indo de mal a pior. A fome e a ganância por comer estavam em seu auge. Henrique precisava comer algo, foi aí que teve a ideia mais louca que já tinha passado por sua cabeça.

Com o talher de plástico que Henrique recebeu de sua janta, ele começou a cortar sua mão esquerda. Foi a dor mais alucinante que pudera experimentar. Serrou sua mão até que se soltasse por completo e estancou o sangue com o lençol. Depois de parar a hemorragia, Henrique se deliciou com sua mão, chupou todos os ossinhos. O rapaz estava ávido por mais, e então, foi a vez de sua perna esquerda, depois a direita. Henrique morreu. Foi achado com seus membros inferiores dilacerados e em estado de esqueletização como se estivessem sido chupados por cães. Em sua autópsia foram achados pedaços de seu corpo em seu pulmão.

O médico da clínica de reabilitação estava cada vez mais feliz, quase sempre o mesmo acontecia em sua clínica. As pessoas não podiam se conter quando estavam perto do verdadeiro pecado da Gula. Assim que saiu da caixa de Pandora, o pecado assolou o mundo inteiro, mas nos dias atuais trabalha como médico dessa clínica nas horas vagas, só para ter o prazer de sentir o que sua presença faz na vida dos mortais.

História de Terror escrita por Contos de Ula

Leia Mais Histórias de Terror Assustadoras
Mundo Sombrio

Mundo Sombrio

Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!