Ivan Vassili: A Lenda do Navio Russo Assombrado

ivan vassili o navio assombrado russo mundo sombrio

Uma das mais aterrorizantes e chocantes histórias de fantasmas de todos os tempos ocorreu em um cargueiro russo chamado Ivan Vassili.

O Ivan Vassili não era um típico navio assombrado ou amaldiçoado.

Não havia nada incomum ou espetacular na embarcação. Ela foi construída em São Petersburgo em 1897 para transportar cargas através do Mar Báltico para o Golfo da Finlândia. Ela era conduzida por um único motor a vapor de expansão tripla. Seus bunkers carregavam carvão suficiente para levá-la a 2.500 milhas com uma velocidade de oito nós. Ela era feita de placas de ferro rebitadas, enquanto seu convés e superestrutura eram de madeira.

O Ivan Vassili tinha um registro de confiabilidade e estabilidade a ponto de ser chato. Não houve percalços com ele durante os primeiros cinco anos em que esteve navegando pelo mar. Então tudo mudou da noite para o dia, e ele se tornou o pior pesadelo mortal de um marinheiro. Em 1903, quando o governo russo se preparava para a guerra contra o Japão, seu papel mudou repentinamente. O Ivan Vassili foi ordenado a transportar uma carga de materiais de guerra para Vladivostok antes que os navios de guerra russos chegassem.

O navio cortou o Mar do Norte, o Atlântico e o sul ao longo da costa oeste da África, se parando em Capetown. Em seguida, ele zarpou para o norte ao longo da costa leste da África e Zanzibar, deixando seus bunkers e carregando sacos extras de carvão para a próxima viagem através do Oceano Índico. Logo o pesadelo começaria a acontecer. Então a tripulação notou que eles tinham carregado no navio mais que apenas carvão.

Tudo estava funcionando como de costume quando o navio deixou o porto e foi para o mar, porém a tripulação de repente sentiu que uma presença estranha estava a bordo. Algo não parecia certo.

Ninguém sabia exatamente qual era a presença, mas todos estavam certos de que algum tipo de entidade invisível estava entre eles. Quando estava perto, os homens sentiam que algo os observava, sentiam calafrios e um frio repentino no ar.

Isso foi acontecendo por alguns dias. Até que tudo começou a piorar e a entidade passou a cobrar caro da tripulação do Ivan Vassili.

Uma noite antes da troca de turnos, os homens no convés conseguiram ver a entidade. Eles descreveram como algo que parecia ser humano, mas suas características eram impossíveis de distinguir. Estava enevoado e luminoso passeando pelo convés, até que desapareceu atrás de um bote salva-vidas.

Os homens ficaram compreensivelmente chocados. Ainda assim, nada de notável aconteceu até que o navio chegou à base militar de Port Arthur, na China, onde a tripulação pretendia reabastecer o navio.

Leia Também:  La Santa Compaña: a peregrinação dos mortos na Espanha
Ivan Vassili, O Navio Russo Assombrado mundo sombrio
Ivan Vassili, O Navio Russo Assombrado

Na noite antes do navio entrar no porto, um membro da tripulação de repente soltou um grito horrível que deixou todos em pânico. A tripulação literalmente ficou furiosa, e uma briga corpo a corpo selvagem aconteceu, os homens não tinham ideia do que estavam fazendo enquanto batiam uns nos outros e em si mesmos.

Este episódio terminou com o marinheiro Alec Govinski se lançando nas ondas negras sombrias para encontrar a morte. Depois, os outros homens caíram no convés, e tudo voltou ao normal.

O navio retomou sua viagem para Vladivostok, e a tripulação ficou aliviada quando nada mais de incomum aconteceu durante o primeiro e segundo dia no mar. Mas então todo o inferno aconteceu novamente. No terceiro dia, a tripulação entrou em fúria gritando histericamente e lutando violentamente entre si. Alguns minutos depois, eles caíram no convés como antes. Logo depois do ocorrido, ficaram sabendo que outro companheiro do navio tinha se jogado ao mar para encontrar com a morte.

Quando o navio Ivan Vassili finalmente chegou a Vladivostok, doze tripulantes tentaram abandonar a embarcação. Eles tinham tanto medo do que estava a bordo, que não conseguiam fugir rápido o suficiente. Eles até tentaram escapar antes que as escotilhas de carga fossem fechadas. Infelizmente, eles foram rapidamente reunidos como gado e devolvidos ao navio onde foram mantidos sob vigilância armada.

A ansiedade no navio deve ter sido grande, assim como a carga que foi descarregada; no entanto, o Ivan Vassili foi colocado no mar novamente em uma viagem ao sul de Hong Kong.

Em pouco tempo, esta parte da viagem eclodiu em mais um pesadelo. Outro frenesi histérico ocorreu e outro membro da tripulação se matou jogando-se ao mar. Na noite seguinte, tudo se repetiu, resultando na morte de outro membro da tripulação. Durante o terceiro episódio, um foguista teria morrido de medo.

Então, assim que o navio chegou ao porto de Hong Kong, o capitão Sven Andrist atirou-se ao mar e morreu.

Desta vez nada poderia impedir os membros da tripulação de desertar assim que o navio atracou. Toda a tripulação, exceto o Segundo Oficial Cristo Hansen e cinco marinheiros escandinavos, fugiram.

Dedicado ao dever ou inquieto com as tragédias, Hansen, assumiu como Capitão e contratou uma nova tripulação para o navio, e o navio partiu novamente, desta vez em direção a Sydney Austrália para pegar uma carga de lã.

Para alívio de Hansen, a viagem ao sul foi tranquila – isso foi até pouco antes de chegarem a Sydney. Então Hansen, inexplicavelmente teve vontade de se matar. Ele pegou seu revólver e atirou em si mesmo.

Leia Também:  Massacre de Natal: O Assassinato da Família Lawson

Em Sydney, mesmo antes das cordas das docas serem seguras, a tripulação começou a abandonar o navio , todos exceto o barqueiro Harry Nelson. Nelson começou a procurar por outro capitão, um que não acreditava em fantasmas ou superstições. Ele encontrou seu homem, mas levou quatro meses para encontrar outra tripulação. Até então, a notícia já tinha se espalhado e nenhum marinheiro em seu juízo perfeito queria navegar no Ivan Vassili, o navio assombrado.

O navio foi colocado no mar novamente; seu destino, São Francisco. A viagem correu bem até uma semana depois, quando a tripulação foi incendiada em uma briga corpo a corpo novamente. Desta vez, dois marinheiros enlouqueceram e tiveram que ficar confinados abaixo do convés. Pela manhã, ambos foram encontrados mortos.

No dia seguinte, o novo e cético capitão, colocou um revólver na boca e puxou o gatilho.

Após a última rodada de tragédias, a tripulação, incluindo Nelson, se recusou a continuar com a viagem, e eles viraram o navio com a intenção de retornar a Vladivostok. Quando o Ivan Vasilli chegou à cidade russa, toda a tripulação, incluindo Nelson, saiu do navio.

Os homens receberam recompensas, incentivos e todos os tipos de bônus para que retornassem ao navio, mas nada os convenceria a voltar para aquele monstro mortal. Nenhum deles queria fazer parte da tripulação. Nenhum outro marinheiro o fez também. Watchmen não estava disposto a sequer chegar perto da embarcação – muito menos passar uma noite a bordo dela. E assim o navio diabólico atracou-se no porto, abandonado, por muitos anos.

Em última análise, os marinheiros de Vladivostock decidiram que o fogo era a única maneira de destruir a entidade maligna que assombra o navio e assim, no inverno de 1907, em uma noite clara e estrelada, eles atearam fogo no Ivan Vassili. Em dezenas de pequenos barcos, eles observavam, aplaudindo, enquanto as chamas devoravam o navio. Alguns até cantaram enquanto o fogo engolia o cargueiro Russo.

Eles aplaudiram sua morte, brindando a ocasião com vodca até as estruturas de ferro cederem. Foi quando ela foi retirada de lá, arrastada para o mar por um rebocador.

Ela ainda queimava no dia seguinte. Foi quando começou a rolar para estibordo, capotar de lado e então deslizar sob a água. Aqueles que assistiram juraram que antes do navio se afundar, um grito estranho emanou do Ivan Vassili.

Ninguém nunca soube o que ou quem era a entidade maligna e se ela realmente foi “morta” juntamente com o navio em chamas.

COMPARTILHE ESSE POST

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

PARA VOCÊ

Comente Aqui

Posts Recentes

Scroll Up