Múmia egípcia encontrada toda coberta de ouro, pode ser a mais antiga do mundo

por Mundo Sombrio
94 visualizações
Continua após a publicidade...

Arqueólogos descobriram uma múmia de 4.300 anos completamente coberta de ouro ao lado das pirâmides, de acordo com o Daily Mail. Segundo os cientistas, pode ser a múmia mais antiga já encontrada.

Um homem chamado Hekashepes foi encontrado dentro de um sarcófago de calcário no fundo de um poço de 15 metros de profundidade. Os arqueólogos também desenterraram muitas belas estátuas em tamanho real esculpidas para representar servos, homens, mulheres e famílias.

Múmia egípcia encontrada toda coberta de ouro
A múmia de 4.300 anos foi encontrada coberta com ouro. Os arqueólogos acreditam que é a mais antiga encontrada até agora.

“Além disso, a expedição rendeu muitos amuletos, vasos de pedra, ferramentas para a vida cotidiana e estátuas de divindades, além de cerâmica”, disse Hawass, ex-ministro de Antiguidades do Egito.

O grande sarcófago de calcário retangular de Hekashepes ainda estava selado com a argamassa com a qual os antigos egípcios cobriram a tumba há mais de 40 séculos.

Continua após a publicidade...
67009141 11680865 image a 1 1674759099390 • mundo sombrio
Arqueólogos encontraram vários túmulos no Egito. Na foto está a porta que ficava em frente ao túmulo na parte inferior do poço.

“Eu coloquei minha cabeça para ver o que havia dentro do sarcófago: uma bela múmia de um homem completamente coberta por camadas de ouro”, disse Hawass, observando que a múmia poderia ser a “mais antiga” e “mais completa encontrada no Egito até hoje.”

A descoberta de Hekashepes dificilmente foi a descoberta mais emocionante durante a escavação de um ano em Gisr al-Mudir, uma das mais antigas estruturas de pedra conhecidas no Egito.

Continua após a publicidade...
Tumba da múmia egípcia encontrada toda coberta de ouro
As equipes trabalharam durante o dia removendo a sujeira e a poeira que bloqueavam a entrada do túmulo.

“Infelizmente, a expedição não encontrou nenhuma inscrição que pudesse identificar os donos dessas estátuas”, disse o egiptólogo Zahi Hawas, que liderou a escavação.”

O local de Saqqara faz parte de uma vasta necrópole na antiga capital do Egito, Memphis, que inclui as famosas pirâmides de Gizé e as pirâmides menores de Abu Sir, Dahshur e Abu Ruwaish.

As ruínas de Memphis foram incluídas na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO na década de 1970.

Siga-nos no Instagram e no Facebook também!

Escolhidos Para Você

Deixe um Comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados pelo Mundo Sombrio.

[email protected]

Mundo Sombrio © 2015 Todos os Direitos Reservados

Bloqueador de Anúncios Detectado

Os anúncios nos ajudam a manter o site no ar e trazer sempre mais terror para vocês. Por favor, desative o seu bloqueador de anúncios!