A Mulher Mariposa [História de Terror]

por Mundo Sombrio
294 visualizações
Continua após a publicidade...

Desde pequena, Lavínia conviveu com situações de perigo. Letícia, sua mãe, trocava de namorado como quem troca de roupa e os levava para sua casa sem conhecê-los. Lavínia não conseguia entender porque tantos homens visitavam sua casa, mas seu pai nunca aparecia.

Quando adolescente, se apaixonou por um colega de classe, mas sua mãe proibiu o namoro, então desistiu de viver a primeira paixão.

Por volta dos dezesseis anos, Lavínia entendeu que os namorados que sua mãe levara em casa, na verdade eram clientes. Era assim que sustentava a casa. Se submetia à situações humilhantes para garantir o sustento de sua filha; e depois de completar quarenta anos, desistiu da profissão.

Todos os homens que entravam na casa de Lavínia eram violentos com sua mãe. Isso deixou a garota com medo de relacionamentos, uma vez que nunca conheceu o pai e os “namorados” da mãe eram desrespeitosos.

Com vinte anos, Lavínia assumiu o primeiro namoro. João era um rapaz inteligente e poderia ser um bom namorado, se não tivesse sido preso por tráfico. Depois da prisão do rapaz, Lavínia nunca mais o viu.

Meses depois de romper com o traficante, Lavínia conheceu Marcos e sofreu os primeiros abusos. Ele era possessivo, violento e tentava controlar sua vida. A garota temia se tornar tão infeliz quanto a mãe. Quando foi traída por Marcos, teve a oportunidade perfeita para acabar com a relação, e conseguiu. Depois do término, Marcos continuou com a amante, se casou e nunca mais traiu.

Assim como sua mãe, Lavínia atraía problemas. Suas amigas diziam que ela tinha o “dedo podre”. Como uma mariposa, Lavínia ia de encontro ao fogo sem perceber.

Continua após a publicidade...

Depois de muito tempo sem namorar, Lavínia encontrou Gustavo, sua primeira paixão. Ela sentia que devia ter passado por tanto sofrimento para reconhecer quem realmente a amasse. E Gustavo sempre a amou, desde a adolescência.

Os dois se casaram e iniciaram uma linda história de amor. Lavínia, finalmente teria seu “felizes para sempre”. Felizmente ou não, o “para sempre” acabou rápido demais.

Gustavo se transformou depois do casamento. Era como se fosse outra pessoa. Era como se todos os ex-namorados de Lavínia vivessem em um único corpo. A garota apanhava quase todo dia e tinha que esconder os hematomas com maquiagem.

Numa segunda-feira, depois de um longo dia de trabalho, Lavínia só queria descansar, mas Gustavo queria descontar seus problemas na esposa.

Continua após a publicidade...

Enquanto o marido a xingava, Lavínia foi até a cozinha, pegou uma faca e começou a preparar o jantar. Durante o preparo, tentou se desligar do mundo. A voz de Gustavo ficava cada vez mais distante. Então, de repente, Lavínia sentiu o pescoço arder. Seu marido havia tomado a faca de sua mão e a cortou. Ele estava fora de si e ela sentia que estava morrendo. Com toda a força que tinha, apoiou-se na pia da cozinha. Sentiu um cheiro muito forte de gás e antes de levar mais uma facada, acendeu um fósforo.

A explosão foi rápida. Em poucos minutos a casa foi tomada pelas chamas.

Quase morta, Lavínia pode contemplar a morte de seu marido e, enquanto sentia o fogo consumindo seu corpo, encontrou a paz que nunca teve.

Leia Mais Histórias de Terror Assustadoras

Siga-nos no Instagram e no Facebook também!

Escolhidos Para Você

[email protected]

Mundo Sombrio © 2015 Todos os Direitos Reservados

Bloqueador de Anúncios Detectado

Os anúncios nos ajudam a manter o site no ar e trazer sempre mais terror para vocês. Por favor, desative o seu bloqueador de anúncios!