As Criaturas da Floresta Negra

Jhoseff era um caçador que morava no interior na zona rural de uma pequena cidadezinha ao norte. Em uma de suas caçadas, Jhoseff teve a pior e última experiência de sua vida.

Ele saiu logo pela manhã para caçar javalis selvagens. Se embrenhou em uma floresta muito densa e perigosa. Carregava sua carabina e um facão de cintura. Já estava ficando tarde e ele, decepcionado, decidiu ir embora pois não havia conseguido matar nada. Ainda no meio da floresta, ele avistou um animal estranho que não conseguiu identificar, pois estava bem longe, então tentou se aproximar do animal.

Quando viu o animal de perto se assustou, era uma criatura terrível, uma espécie de rato mutante. A criatura o avistou e partiu para cima dele. Jhoseff disparou um tiro, mas não conseguiu acertar. A criatura desapareceu no meio do mato e, Jhoseff assustado, correu para tentar sair logo daquela floresta.

Já estava anoitecendo e Jhoseff ainda não tinha conseguido sair do local. Com todo aquele desespero, ele acabou se perdendo. Andava de um lado para o outro enquanto a escuridão tomava conta da floresta.

Em meio à escuridão, a criatura apareceu novamente com seus grandes e terríveis olhos vermelhos. Ela cravou seus dentes na perna de Jhoseff, rapidamente o soltou e se escondeu no meio da floresta negra. Jhoseff, machucado, correu sem rumo, pois o medo já tinha tomado conta do seu corpo.

Logo mais a frente, ele avistou uma casa abandonada. Correu em direção à ela e entrou sem pensar duas vezes. Fechou a porta, arrastou um móvel velho e colocou na frente da porta para impedir a entrada daquele monstro. Ele acendeu seu isqueiro velho e olhou para trás e, para sua surpresa, estavam ali cinco filhotes do monstro dentro da casa, ou seja, ele entrou no ninho da criatura.

Os filhotes o olhavam como um pedaço de carne saborosa. Jhoseff, sem reação nenhuma, tentava manter o esqueiro aceso. Foi quando todos os filhotes partiram para cima dele. Ele conseguiu atirar em dois, mas a arma caiu no chão. Os animais começaram a rasgar o corpo de Jhoseff enquanto ele tentava se defender com o facão. Depois de algum tempo, conseguiu matar todos os filhotes, porém com toda aquela briga, o homem ficou muito ferido e debilitado, coberto de sangue e feridas gravíssimas pelo seu corpo.

De um grande buraco na parede da cozinha, a mãe dos filhotes apareceu e viu todos os seus filhotes mortos ao chão. Dessa forma, ela partiu para cima de Jhoseff e cravou os dentes em seu rosto. O homem então, acertou o facão duas vezes na cabeça do monstro, mas a besta feroz ainda o atacava.

Com muita dificuldade, Jhoseff arrastou-se até sua arma. Assim que a besta pulou para cima dele, Jhoseff disparou um tiro em sua cabeça. Então, o grande e monstruoso animal caiu morto por cima dele.

Jhoseff estava tão ferido que não conseguiu nem mesmo se arrastar, morreu ali mesmo debaixo da criatura.

Quando amanheceu o dia, no local, não se encontrava nenhuma das criaturas mortas pelo homem na noite anterior, apenas o corpo de Jhoseff todo estraçalhado no chão. A polícia da cidade declarou que Jhoseff tinha sido morto por um grande e feroz urso.

Diz a lenda que aquelas criaturas ainda habitam floresta negra e que elas a defendem de qualquer um que tente caçar por lá.

Por: Maikom Lacerda

Leia Mais Histórias de Terror Assustadoras
COMPARTILHE ESSE POST
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest