Segredo bem Guardado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Durante meses uma cidade do interior paulista foi assombrada por um assassino. Ele escolhia suas vítimas aleatoriamente. Homens, mulheres, ricos, pobres, enfim… Qualquer pessoa estava sujeita a ser atacada pelo maníaco, que sempre marcava suas vítimas com um “X” na testa. Os policiais diziam que simbolizava que o alvo havia sido encontrado.

Depois de mais de vinte mortes, com todas as vítimas sendo marcadas pelo “X”, o assassino desapareceu. Óbvio que as ocorrências policiais e outros homicídios aconteceram, mas não da mesma maneira. Não com a mesma crueldade, portanto, o assassino não estava mais na cidade.

O período de calmaria foi curto. Pouco mais de nove meses se passaram e as mortes brutais recomeçaram.

O delegado responsável pelo caso disse que nunca imaginou ver cenas como aquelas. Pessoas degoladas, mutiladas e em alguns casos até mesmo empaladas.

A única coisa em comum entre as vítimas era a ficha criminal. Todas elas já haviam sido presas por diversos crimes. De tráfico à latrocínio.

Durante uma batida policial, um carro foi parado. Dentro dele estavam duas mulheres inconscientes no banco de trás. Ao ser indagado o motorista disse que estava dando carona para duas amigas que ficaram bêbadas depois de ir à uma festa. Como as garotas estavam cheirando a álcool e nada foi encontrado no veículo, os policiais acreditaram na história e deixaram o motorista seguir viagem com suas amigas. Duas semanas após o ocorrido, os corpos carbonizados das garotas foram encontrados.

Numa noite fria e chuvosa, o assassino andava pela rua e viu uma mulher entrar na casa com sua filha bebê. A mãe da criança estava com sacolas de mercado e o maníaco, gentilmente ofereceu ajuda.

Uma jovem mãe cansada com a rotina da maternidade e uma bebê; vítimas fáceis demais para um assassino tão cruel, não fosse pelo fato da jovem ser policial. Mas ela não faria nada com o assassino. Ela não queria machucá-lo, pois ela o amava. O psicopata era seu marido e pai de sua filha e ela nunca soube que tal segredo seria tão bem guardado.

Leia Mais Histórias de Terror Assustadoras
Mundo Sombrio

Mundo Sombrio

Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!