Kanbari-nyuudou: a assustadora lenda japonesa do homem calvo

por Mundo Sombrio
463 visualizações
Continua após a publicidade..

A cultura japonesa é rica em lendas e mitos, alguns dos quais são assustadores e enigmáticos. Uma dessas lendas é a de Kanbari-nyuudou, o homem calvo. Este personagem mítico é conhecido por seu comportamento assustador e bizarro, e é uma figura popular nas histórias de terror japonesas. Neste post, vamos explorar a história de Kanbari-nyuudou e descobrir por que ele é uma figura tão intrigante e aterrorizante.

Quem é Kanbari-nyuudou?

Kanbari-nyuudou é um personagem mítico na cultura japonesa, conhecido por sua aparência calva e assustadora. Segundo a lenda, ele é um monge que viveu no período Edo no Japão (1603-1868). No entanto, ele não é um monge comum – ele é um monge que esconde seu rosto com um lenço branco, revelando apenas seus olhos. Ele é chamado de “Kanbari-nyuudou” porque ele é conhecido por segurar um balde, ou “kanbari” em japonês, sobre sua cabeça.

Comportamento de Kanbari-nyuudou

Kanbari-nyuudou é conhecido por seu comportamento estranho e assustador. Ele é visto andando pelas ruas à noite, segurando um balde sobre sua cabeça. Ele se move silenciosamente e às vezes faz ruídos estranhos. As pessoas que o encontram são aterrorizadas por sua aparência e seu comportamento bizarro.

Além disso, Kanbari-nyuudou é conhecido por sua capacidade de se teletransportar. Ele é visto em um lugar e, em questão de segundos, ele pode desaparecer e aparecer em outro lugar. Isso faz com que seja difícil saber onde ele está ou onde ele pode aparecer a seguir.

A lenda japonesa de kanbari-nyuudou, o homem calvo
A Lenda japonesa de Kanbari-nyuudou, o Homem Calvo

A lenda de Kanbari-nyuudou

A lenda de Kanbari-nyuudou é contada de várias maneiras diferentes, mas uma das histórias mais populares é a seguinte:

Em uma noite escura, uma mulher estava andando sozinha pela rua. De repente, ela ouviu um ruído estranho vindo de trás dela. Quando ela se virou, viu Kanbari-nyuudou andando em sua direção. Ele estava segurando um balde sobre sua cabeça e seus olhos eram os únicos visíveis em seu rosto. A mulher ficou com medo e tentou fugir, mas Kanbari-nyuudou a alcançou rapidamente.

Continua após a publicidade..

Ele então pegou o balde de sua cabeça e o jogou no chão. Dentro do balde, havia uma cabeça humana. A mulher ficou apavorada e correu para pedir ajuda. Quando a polícia chegou ao local, Kanbari-nyuudou havia desaparecido. Desde então, as pessoas têm medo de caminhar sozinhas à noite, com medo de encontrar o homem calvo.

Em uma história, uma jovem se levanta tarde da noite para usar o banheiro. Enquanto ela pega o papel higiênico, ouve um estranho barulho de riso vindo de trás dela. Assustada, ela se vira e avista um rosto pressionado contra a janela do banheiro. O homem velho e careca estava espiando-a, rindo baixinho consigo mesmo, enquanto o outro lado da janela estava coberto de baba.

A jovem fica imóvel de medo e sai correndo do banheiro com as calças em volta dos tornozelos, gritando pelos pais. Quando ela conta o que viu ao pai, ele fica furioso e corre para fora para confrontar o velho pervertido. No entanto, ao chegar ao beco atrás da casa, ele encontra-o vazio.

O pai olha para a janela do banheiro e percebe que há barras de ferro em toda a janela, com uma lacuna de 10 cm entre as barras e o vidro fosco. Não havia como alguém ter pressionado o rosto contra o vidro. Um calafrio percorre sua espinha quando ele percebe que o que quer que estivesse espiando sua filha enquanto ela estava no banheiro, não poderia ter sido humano.

Em outra história, havia uma jovem japonesa que se sentia muito envergonhada com seu corpo. Em uma noite após jogar vôlei com outras garotas, ela precisava tomar um banho, mas não queria que ninguém a visse nua. Então, esperou até que todas as outras meninas terminassem antes de entrar no chuveiro.

Sozinha no banheiro mal iluminado, ela largou a toalha e ligou o chuveiro. A pressão da água parecia ser fraca, mas ela fez o possível para se lavar. De repente, ela ouviu um som suave de risada.

“Hee hee hee”.

Parecia ser a risada de um homem velho. Ela olhou em volta, mas não conseguiu ver ninguém. Ela ouviu com atenção, procurando a fonte do barulho estranho, mas tudo o que ela ouviu foi o silêncio.

A menina continuou tomando banho até que ouviu a risada novamente, desta vez mais alta.

“Hee hee hee!”

“Ei, você está me observando!”, ela gritou. “Não pense que não posso ouvi-lo!”

Ela se sentiu vulnerável em pé nua no chuveiro sem nada para cobri-la, então decidiu se apressar e terminar rapidamente. Quando estava prestes a sair, ouviu a risada novamente, mas desta vez muito mais alta e parecia vir de cima. Ela olhou para cima e viu algo que a fez correr gritando do quarto.

Em vez do chuveiro, havia a cabeça de um homem velho saindo da parede, olhando para ela com um sorriso assustador e babando.

Continua após a publicidade..
A lenda japonesa de kanbari-nyuudou, o homem calvo
A Lenda japonesa de Kanbari-nyuudou, o Homem Calvo

Significado cultural de Kanbari-nyuudou

A lenda de Kanbari-nyuudou é uma expressão cultural do Japão e é vista como uma forma de transmitir valores e medos comuns na sociedade japonesa. A lenda mostra o medo das pessoas em relação aos monges errantes que percorriam o país no período Edo. Esses monges eram conhecidos por serem perigosos e violentos, e a lenda de Kanbari-nyuudou é uma representação desse medo.

Além disso, a lenda também é vista como uma forma de alertar as pessoas sobre a importância da segurança pessoal e de estar ciente do perigo ao andar sozinho à noite. A história da mulher que encontra Kanbari-nyuudou é um exemplo de como a segurança pessoal pode ser negligenciada e como a falta de precaução pode levar a situações perigosas.

A influência de Kanbari-nyuudou na cultura popular

Kanbari-nyuudou tem sido uma figura popular na cultura popular japonesa por muitos anos. Ele é frequentemente apresentado em histórias de terror, filmes e programas de TV. Em muitas dessas histórias, ele é retratado como um espírito maligno que assombra as pessoas durante a noite. Seu comportamento assustador e sua aparência bizarra o tornaram um ícone do horror japonês.

Além disso, essa lenda também tem sido uma inspiração para a arte japonesa, como o kabuki e o noh. Essas formas de arte tradicionais apresentam personagens com aparências e comportamentos bizarros, que muitas vezes são inspirados em lendas como a de Kanbari-nyuudou.

Conclusão

A lenda de Kanbari-nyuudou é uma parte importante da cultura japonesa e representa muitos valores e medos comuns na sociedade japonesa. Embora seja uma história assustadora, ela também serve como um lembrete da importância da segurança pessoal e da necessidade de estar ciente do perigo ao andar sozinho à noite. Kanbari-nyuudou tem sido uma figura popular na cultura popular japonesa por muitos anos e continuará a ser uma fonte de inspiração para artistas e contadores de histórias por muitos anos vindouros.

Perfil mundosombrio face 3 com letra fundo preto 1 scaled • mundo sombrio
Mundo Sombrio

Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!

Siga-nos no Instagram e no Facebook também!

Escolhidos Para Você

Deixe um Comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados pelo Mundo Sombrio.

sitemundosombrio@gmail.com

Mundo Sombrio © 2015 Todos os Direitos Reservados

Bloqueador de Anúncios Detectado

Os anúncios nos ajudam a manter o site no ar e trazer sempre mais terror para vocês. Por favor, desative o seu bloqueador de anúncios!