Início Histórias de Terror O Diabo que te Carregue

O Diabo que te Carregue

por Mundo Sombrio
8 comentários 2145 visualizações
o diabo que te carregue história de terror mundo sombrio

Bom, não sei bem dizer a cidade, mas sei que a mesma ficava no interior do Paraná, essa lenda se passa na década de 50.

Nessa cidade tinha um homem chamado Hilário, que de “hilário” não tinha nada, era uma pessoa muito perversa e sádica, era o homem que mais tinha terras na região, possuía muitas riquezas, o homem praticamente mandava na pequena cidade, nem os prefeitos que se elegiam se metiam com ele. A polícia então… passava longe de querer encrenca com esse homem.

Por conta disso, ele se achava no direito de fazer o que bem queria, segundo os mais antigos, desde muito moço notava-se certo ar de ruindade no rapaz, sempre foi uma pessoa rebelde e sem limites. Casou-se por força com uma das garotas mais bonitas da cidade, afinal, quem negaria algo a esse sujeito vil e desprezível, teve 03 filhos homens e 01 mulher, e desde sempre tratava sua família muito mal, pior ainda quando bebia, espancava mulher e filhos.

Era um homem metido a ”matador”, tem muitas histórias de que ele ou seus capangas eliminavam seus desafetos, mas talvez a pior coisa que esse homem fez, foi ceifar a vida de um inocente menino, filho de um funcionário de uma fazenda vizinha, dizem que ele matou o menino com um tiro de revolver apenas pelo fato dele ter visto o garoto roubando ameixa nas terras dele. Dizem que o pai do menino teve que implorar para o Seu Hilário, para ele poder recolher o corpo do filho e enterrar, pois de tão ruim que era o homem, ele tinha prometido jogar o corpo do garoto em um rio que cortava a fazenda dele. Graças ao bom padre que tinha uma igrejinha na região conseguiu convencer o homem a deixar o pobre pai enterrar seu filho.

Leia Também:  O Enfermeiro [História de Terror]

Quando o pai viu o corpo do seu querido filho já sem vida no chão, caiu em desespero e gritou:

‘’Seu desgraçado, a justiça divina um dia vai chegar pra você, o Diabo em pessoa vai te levar para o inferno!”

Seu Hilário, debochado e sem caráter como era se desmancha em uma risada maldosa e fala:

“Até o Diabo tem medo de mim, se ele for homem o bastante que venha me levar!”

Bom, passaram-se muitos anos, e aquele homem vil, já estava velho e muito doente, foi acometido por uma grande infecção que lhe resultou em várias úlceras pelo corpo todo, teve uma morte bem sofrida e merecida, dizem que nos últimos dias de vida dele, ele uivava de tanta dor que sentia.

O dia da morte do velho chegou, como era uma pessoa muito ruim, somente a esposa, filhos e alguns funcionários das terras dele foram ao velório, mais por respeito pela esposa e filhos do homem, que eram pessoas muito boas.

De repente, no meio do velório chegou um homem alto, de olhos bem claros, bem formoso com um traje branco, chapéu de couro, e um revolver preto na cintura, com um cavalo negro, imponente e muito bonito, parecia até um cowboy daqueles filmes de Western americano, entrou na casa onde o velho estava sendo velado e ficou lá sem dar uma palavra com ninguém, todos acharam estranho, pois ninguém nunca tinha visto esse homem.

Logo chegou o padre para fazer os preparativos finais para enterrar de vez o corpo, e no meio das orações que ele conduzia, esse homem começou a ficar meio estranho, bem incomodado, seus olhos que eram claros ficaram negros como o breu, e com uma voz glutural ele grita para que o padre ficasse quieto, chega perto do caixão, tira seu chapéu e todos notam que ele tinha chifres na cabeça, em seguida ele fala para o morto:

Leia Também:  Primeira Vez

“ Vim mostrar a todos que não tenho medo de você, vim pessoalmente te carregar para o inferno!’

Correria pra todo lado, gente desmaiando. O Diabo monta em seu cavalo que agora não era tão imponente, e sim todo podre e desfigurado e mostra sua verdadeira forma, atrás amarrado à cela do cavalo por correntes em brasa que dava para sentir o cheiro de pele queimando, estava o espirito do seu Hilário, lamentando por todas as atrocidades que fez em vida, e desapareceram envolto em um nevoeiro denso e negro.

Por: Rodrigo Bührer Ferreira

Você também pode Gostar

8 comentários

Sônia Maria Avino 2 de abril de 2020 - 16:03

medo

Responder
Eliizabeth 4 de abril de 2020 - 23:50

Muito bom

Responder
Mundo Sombrio 5 de abril de 2020 - 14:14

Obrigado Eliizabeth! Fica sempre aqui, pois teremos muitas novidades chegando! Abraços Sombrios!

Responder
Júnior Medroso kkkk 5 de abril de 2020 - 12:38

Nenhuma história me dar medo…

Responder
Mundo Sombrio 5 de abril de 2020 - 14:14

Olá Júnior! Obrigado pela leitura… esperamos que continue sempre por aqui! E esse nick aí heim? Rum… rs! Abraços Sombrios!

Responder
n vou falar 11 de abril de 2020 - 01:18

lucifer meu pai eu sou a espada da justiça e do caos

Responder
Mundo Sombrio 11 de abril de 2020 - 17:42

Obrigado pelo comentário Lincoln! Fique sempre conosco!

Responder
Karthus 22 de abril de 2020 - 02:39

minha tia uma vez me contou essa historia

Responder

Deixe um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Alert: Esse conteúdo está protegido!