As Criaturas

As criaturas relato sobrenatural mundo sombrio

Olá, meu nome é Grisha Makarov, tenho 23 anos e faço tudo o que uma jovem comum faz: trabalho, estudo, saio, como pessoa tenho meus hobbys gosto de ler, gosto de cuidar de pássaros e tomar Sol, mas existe algo que eu faço que não é nada comum, alguns julgam até assustador, mas é um trabalho nobre, eu já falo mais disso daqui há pouco, é que eu sou uma exorcista.

Sim, um dos meus trabalhos é expulsar espíritos malignos, eu tenho esse dom desde criança, nunca tive medo dessas criaturas, mas jamais as subestimei ou tratei com desdém, porque estes demônios são mais antigos e poderosos, do que a humanidade.

Você já imaginou o que é uma criatura viver milênios e não morrer, quanto conhecimento acumulado ela tem em todas as áreas das Ciências Humanas?

Você já imaginou uma criatura que conviveu com o próprio Deus, que teve acesso a conhecimentos além do que a humanidade concebe? Por isso que eu jamais os subestimo.

Eu descobri meu dom quando era criança, foi um pouco traumático, mas depois que entendi a magnitude de minhas habilidades e experiências eu fiquei mais tranquila, na adolescência eu considerei este dom como uma das coisas mais legais que me aconteceu.

Quando entrei na juventude, aflorou em mim um forte senso de dever.

O meu dom funciona da seguinte forma: se eu fizer uma oração consagrando um crucifixo para Deus, ele é capaz de aterrorizar os espíritos imundos, se eu pegar um copo da torneira, água comum que nem ao menos foi filtrada e a consagrar, o líquido queima a pele das criaturas como ácido queima a pele humana, se eu chegar e me aproximar das criaturas , elas ficam paralisadas e eu as toco elas se desmancham, você deve imaginar que lá no Inferno eu simplesmente não devo ser muito querida.

Eu não frequento o catolicismo, nem pratico o cristianismo da forma tradicional eu nasci com esse dom, ainda não sei porque.

Existem duas modalidades de exorcismo: a primeira que é mais fácil é quando a criatura maligna está em seu próprio corpo, eu apenas a destruo, posso dizer com modéstia que já vivenciei batalhas espetaculares.

A segunda modalidade é a mais difícil, se trata de quando o espírito maligno possuiu outro corpo, pode ser o corpo de um ser humano ou animal, a minha preocupação é dupla: destruir aquela criatura e preservar a vida de quem foi possuído.

É de dar pena o estado das pessoas que são possuídas por essas criaturas.

Quanto eu dou fim ao espírito mal é muito gratificante ver a pessoa livre, sorrindo para mim por estar liberta, nem sempre eu consigo destruir a criatura, apenas expulsar, mas eu torço para ter um segundo encontro com aquele ser infernal em um beco escuro e o destruir.

Eu sou uma exorcista, mas também uma pessoa normal, uma jovem normal e acreditem: eu temo outras coisas que não são os demônios.

Por: Roberta Alves

Mundo Sombrio

Mundo Sombrio

Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!

Compartilhe com os Amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

SELECIONADOS PARA VOCÊ

POSTS POPULARES