Uma Silhueta na Janela

silhueta na janela história de terror 1mundo sombrio

A história que vou lhes contar, aconteceu comigo em alguns meses atrás e ela vai te dar arrepios.

Era um dia normal como todos os outros, até que recebi a notícia de que eu e minha família iríamos nos mudar para uma pequena cidade. Foi difícil no começo, pois teria que me afastar de todos meus amigos e mudar de escola.
Fomos morar em uma casa que ficava de frente a um prédio antigo, onde não morava ninguém. No dia seguinte, fui dar um passeio pela cidade para conhecê-la e, na volta, decidi pegar um atalho para chegar mais rápido em casa.

Chegando perto de casa, tive a leve sensação de que algo ou alguém me observava, olhei bem rápido para trás e não vi ninguém, então ignorei e entrei.

Antes que a noite caísse, fui pegar um ar fresco na varanda do meu quarto e, de novo, aquele mesmo pressentimento de observação, mas dessa vez a sensação de estar sendo observado vinha daquele prédio enorme. Ao olhar para o alto vi a silhueta de uma garota na janela que não parava de me olhar. Tentei acenar para ela, mas a mesma não demonstrou nenhuma reação. As pessoas que passavam pela rua me viram acenando para o alto. Curiosas, olhavam para ver o que eu tanto admirava. Foi então que, para minha surpresa, uma senhora que passou dado momento, disse-me que não havia nada naquela janela, para a qual eu dava tanta atenção.

Por um momento eu pensei: “vendo fantasmas assim do nada? Eu só posso estar ficando louco”. Olhei de novo para a janela e a garota havia desaparecido. Tentei ignorar tudo aquilo, e fui dormir.

No dia seguinte, fui até a varanda, olhei novamente para a janela do prédio do outro lado da rua e congelei por alguns segundos. A garota ainda estava ali parada e continuava a me olhar, mas dessa vez, jogou pra mim um papelzinho, onde estava escrito um nome: “Emanuele Johnson”.

Assim que li o papel, ela desapareceu novamente. Foi quando resolvi falar com meus pais sobre a tal Emanuele do bilhete, eles me disseram que nunca ouviram falar dessa tal pessoa.

Encarei-os por alguns segundos e depois fui correndo até meu quarto para pegar mais informações no computador. Ao colocar “Emanuele Johnson” no Google, me deparei com uma notícia que dizia:

Menina de 12 anos de idade se joga da janela do seu quarto devido a um grave quadro de depressão. Peritos disseram que Emanuele Johnson morreu instantaneamente após a queda do 4º andar do prédio onde morava com seus pais.

Por: Emilly Silva

Leia Mais Histórias de Terror Assustadoras

COMPARTILHE ESSE POST

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A crise econômica causada pelo COVID-19 causou uma queda maciça nas nossas receitas publicitárias. Por favor, considere mostrar seu apoio através de uma pequena doação em PayPal. Sua doação ajudará este site a continuar online nesses momentos difíceis e, dessa forma, continuar fornecendo a vocês conteúdos interessantes regularmente. Abraços Sombrios!

error: Alert: Esse conteúdo está protegido!