As Assombrações da Casa Monroe, mais conhecida como a Casa dos Demônios

casa monroe a casa dos demônios mundo sombrio

Em muitos lugares espalhados por todos os países existem casas assombradas. É até bem fácil de encontrar tais lugares, porém poucas delas já tiveram histórias horripilantes o suficiente para ganhar o apelido de “Casa dos Demônios”. A Casa Monroe é uma exceção. Escondida em um local tranquilo da cidade de Hartford, em Indiana, a misteriosa Casa Branca esteve no centro de uma violenta assombração que fez com que investigadores paranormais fugissem do prédio com medo, e deixaram a polícia no meio de uma possível cena de crime.

Quando se trata das assombrações da Casa Monroe em Indiana, há inúmeras experiências em primeira mão de investigadores paranormais que deixariam o cabelo de qualquer um branco de tanto medo, mas os encontros relatados pelas almas infelizes que viviam na “Casa dos Demônios” são ainda muito mais arrepiantes. De acordo com os moradores, a estranha casa na Rua Monroe não tem nada mais além de negatividade ligada à ela por mais de um século.

Pelo que os pesquisadores conseguiram reunir em seus estudos, a fundação original da Casa Monroe foi construída em meados de 1800, e desde o dia em que o solo foi mexido, inúmeras pessoas envolvidas com a casa vivenciaram atividades estranhas que os investigadores paranormais descreveram como “demoníacas”. Proprietários anteriores foram perseguidos para fora da construção por figuras sombrias desprovidas de características humanas, incêndios inexplicáveis se manifestaram espontaneamente no porão, vozes desencarnadas ecoaram pelos corredores, e até mesmo uma série de mortes misteriosas ocorreram dentro da Casa Monroe.

Pesquisadores apontam que o fato de inquilinos anteriores terem “brincado” com rituais ocultos nos anos 90, desencadeou as atividades nefastas da casa demoníaca, mas outros dizem que os estranhos fenômenos começaram já nos anos 30, quando a casa era propriedade de uma família belga que começou a relatar visitas fantasmagóricas na residência.

Embora as teorias sobre como as atividades paranormais dentro da Casa Monroe começaram são variadas, há uma coisa que quase todos os investigadores do prédio concordam: existem realmente algumas vibrações seriamente ruins no porão.

Em 2014, uma equipe de caçadores de fantasmas decidiu passar a noite investigando a Casa Monroe. Eles foram com a intenção de ajudar o espírito de uma criança a “seguir a luz”, este que supostamente assombrava o prédio. A investigação permaneceu relativamente rotineira até chegarem ao porão, foi quando as coisas começaram a dar errado.

Leia Também:  O Crime da Dália Negra

“Tivemos um encontro muito ruim no porão e não sabíamos o que fazer”, escreveu um dos pesquisadores. “Aquilo foi algo que nunca vimos antes. Fez com que todos entrassem em pânico e então decidimos cancelar a investigação mais cedo. Metade do grupo disse que aquilo era muito para eles , a outra metade queria obter respostas. Percebemos o quão sério e grande o acontecimento era e, ao mesmo tempo, estávamos convencidos de que não tínhamos experiência suficiente para fazer aquilo em uma casa dessas.”

A equipe nunca mais voltou à Casa dos Demônios.

Apenas um ano antes, uma Equipe Paranormal de Indiana havia passado a noite investigando a casa, onde um pesquisador disse que ela nunca havia testemunhado tanta atividade paranormal em um único local. Durante a caça aos fantasmas, eles coletaram gravações de vozes fantasmagóricas dizendo-lhes para “sair”, “morrer” e “orar por nós”, mas assim como as outras equipes que haviam revistado a casa, seu momento mais assustador veio durante sua viagem ao porão.

A equipe estava interessada em procurar o fantasma de uma criança que muitos acreditam ter sido morta por um dos misteriosos incêndios na propriedade. Enquanto iam para o porão, notaram uma madeira de apoio carbonizada onde um desses incêndios supostamente teria começado. Enquanto os investigadores tiravam fotos da madeira escurecida, as luzes do prédio começaram a piscar antes de se apagarem completamente, deixando os caçadores de fantasmas presos na escuridão do porão. De repente, um dos investigadores gritou, mandando a equipe correr para as escadas. Uma vez que eles se encontraram de volta à luz, eles descobriram três longos arranhões nas costas de sua mais nova investigadora, que descreveu a sensação de uma mão atingindo-a da escuridão. Ela se recusou a continuar a investigação.

Um usuário anônimo, apenas identificado como assombradohovel disse:

“Eu morei lá um tempo atrás e posso dizer que tem algo muito real e possivelmente demoníaco. Não me importa quantos caçadores de fantasmas estiveram lá e no que acreditam. Você tem que viver lá para saber! Eu li algumas das coisas que os investigadores disseram e alguns chegaram bem perto, mas você não pode ir lá por uma noite e saber o quão ruim é. Eu morava lá e tudo começou muito devagar até que piorou de vez. Eu pensei no início que eram apenas ruídos regulares, mas no final eu não aguentei e saí.”

Em agosto de 2016, na cidade de Hartford, moradores começaram a ver equipes de filmagem e carros de polícia reunidos em torno do edifício, e rumores de que corpos haviam sido descobertos na infame Casa Monroe começaram a se espalhar pela comunidade. Como se vê, os caçadores de fantasmas Nick Groff e Katrina Weidman estavam na cidade para filmar a estreia da segunda temporada de Paranormal Lockdown na “Casa dos Demônios”, e depois de 72 horas trancados dentro dela, eles fizeram uma descoberta terrível: restos humanos enterrados e espalhados pelo porão.

Leia Também:  Como Fazer Feitiços? Conheça a Bíblia da Feitiçaria [DOWNLOAD]
nick groff preparing to investigate the monroe house

O Confinamento Paranormal levou Nick e Katrina para dentro da “barriga da besta”, onde passaram três dias perseguindo as atividades da Casa Monroe. No final de sua investigação, eles não só conseguiram capturar algumas evidências paranormais impressionantes, mas todo o episódio se constrói até a chocante descoberta de ossos humanos escondidos no porão da casa traiçoeira, oficialmente iniciando uma investigação policial.

Os restos humanos podem ser a fonte de toda a atividade violenta no porão do prédio? Parece provável, mas só o tempo dirá. Como a Casa Monroe é tão paranormalmente ativa, os proprietários mantiveram o local aberto para investigadores e equipes que procuram ajudá-los a chegar ao fundo dos estranhos fenômenos do prédio.

restos humanos foram encontrados no porão da casa monroe ou casa dos demônios

Graças a shows como o Paranormal Lockdown, a casa e seus anexos – quem quer que sejam – estão prestes a ser expostos aos holofotes, o que esperançosamente chamará a atenção de investigadores paranormais experientes que podem continuar documentando, e potencialmente resolvendo a atividade que assola a casa há cem anos. Por enquanto, porém, a Casa Monroe de Indiana permanece excepcionalmente ativa, e não mostra sinais de que pretende parar com todas as assombrações.

COMPARTILHE ESSE POST

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

PARA VOCÊ

Comente Aqui

Posts Recentes

Scroll Up