Os Fantasmas do Voo 401

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Os Fantasmas do Voo 401

Na noite de sexta-feira, 29 de dezembro de 1972, o voo 401 da Eastern Airlines transportava 176 pessoas quando se aproximava do seu destino no Aeroporto de Miami.

Pilotando a aeronave L – 1011 jumbo estavam o Capitão Bob Loft e o Segundo Oficial Don Repo, que estavam envolvidos em procedimentos regulares de pouso quando uma luz de aviso piscou no painel de controle indicando um problema com o trem de pouso.

É possivelmente foi a razão pela qual nenhum deles notou que o avião estava descendo cerca de 200 pés por minuto mais rápido do que eles pensavam. Segundos depois, o avião bateu nos Everglades da Flórida, matando 101 pessoas instantaneamente.

O Capitão Loft e o Oficial Repo sobreviveram ao impacto inicial, mas ambos foram mortalmente feridos. O Capitão Loft morreu antes de ser retirado dos destroços em torcidos e em chamas e o oficial Repo morreu um dia depois.

A história desses homens deveria ter terminado ali mesmo, mas este com certeza não foi o caso. A Eastern Airlines resgatou grande parte do avião atingido e redistribuiu o que conseguiu salvar entre aeronaves similares da sua frota.

Captains • mundo sombrio

Pouco tempo depois, relatos de assombrações fantasmagóricas começaram a chegar dos aviões que haviam recebido as peças sobressalentes do voo 401. A maioria das aparições foram relatadas pelos tripulantes da Eastern, especialmente aqueles em um avião particular da frota da companhia aérea.

O fantasma de Repo apareceu com frequência, tanto na cabine quanto na galera, a área onde os tripulantes do voo preparam refeições para os passageiros. Ele parecia estar especialmente preocupado com a segurança do voo, e supostamente fixou um circuito de forno defeituoso em uma das ocasiões. Em outros casos, ele apontou um potencial risco de incêndio e um vazamento hidráulico.

O fantasma de Loft também foi visto em vários voos, geralmente sentado na primeira classe ou na cabine da tripulação. Uma aeromoça uma vez confrontou Loft, perguntando o que ele estava fazendo no avião, pois ela não o tinha visto embarcar e não conseguiu identificá-lo no manifesto dos passageiros. Sem resposta, ela relatou ao seu capitão de voo. Ele voltou com ela e reconheceu Loft, que desapareceu imediatamente na frente de uma dúzia de pessoas.

A companhia aérea estava (pelo menos externamente) um pouco cética com as pessoas que relataram os avistamentos, e sugeriu que eles procurassem aconselhamento psiquiátrico às custas da empresa. No entanto, cética ou não, a companhia aérea removeu todas as partes recuperadas do mal – fatídico voo 401 – das aeronaves em que haviam sido colocados. Os avistamentos paranormais terminaram com isso. Eventualmente, os avistamentos foram transformados em um livro best-seller escrito pelo repórter de jornal John G. Fuller.

Mundo Sombrio

Mundo Sombrio

Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!