A Lenda do Caldeirão Amaldiçoado de Lincolnshire

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
caldeirão amaldiçoado

No porão da Manor Farm em North Lincolnshire, há um velho caldeirão de ferro que as pessoas dizem ser um caldeirão amaldiçoado. Ele foi lacrado há 35 anos no local pelo proprietário anterior.

No final do século XIX, a fazenda foi assombrada por um espírito maligno, até que os proprietários exorcizaram o espírito prendendo-o em um velho caldeirão de ferro – cheio de ossos e terra – e selado em um pequeno porão da casa.

Diz a lenda que se o caldeirão for retirado do porão, o espírito maligno estará livre e assombrará a fazenda novamente.

O sr. Alf darwood, de ulceby, o construtor encarregado de renovar a manor farm em east halton, examina o caldeirão amaldiçoado da casa em 1975.
O Sr. Alf Darwood, de Ulceby, o construtor encarregado de renovar a Manor Farm em East Halton, examina o caldeirão amaldiçoado da casa em 1975.

As Vítimas do Caldeirão Amaldiçoado

De acordo com uma jovem que morava na fazenda no final dos anos de 1880, ela foi informada por uma folclorista chamada Mabel Peacock de Lincolnshire que a fazenda era assombrada por um goblin chamado Hobthrust. Um Hobthrust é um goblin doméstico supostamente avistado no norte da Inglaterra.

Esse goblin sempre aparece à meia-noite carregando um caldeirão e mexendo enquanto caminha. Esse caldeirão contém ossos de polegar de crianças e areia.

É dito que quem tocar e mexer naquele caldeirão será amaldiçoado com uma morte violenta. Diz-se que pelo menos três pessoas já morreram por causa disso. O primeiro era um menino. Ele encontrou o caldeirão enquanto brincava no porão e imediatamente o tirou e o jogou no lago da aldeia.

Em uma hora, ele foi atropelado e morto por uma carroça de feno. Vários dias depois, o caldeirão foi encontrado por um homem desconhecido, que o recuperou do lago e colocou-o de volta no porão. Ele morreu misteriosamente em poucas horas.

A terceira vítima da maldição foi Charles Atkins (6 anos), cuja família vivia na Manor Farm na década de 1930. Poucas horas depois de tocar na panela, ele também foi morto por uma carroça de feno, semelhante à primeira vítima.

Em 1975, o falecido John Atkins (irmão mais velho de Charles), falou sobre o incidente em um jornal local. Ele disse que seu pai sempre avisou a ele e seu irmão mais novo para ficarem longe daquele caldeirão. Mas quando ele e Charles estavam brincando no porão, Charles o tocou. No dia seguinte, enquanto brincavam nos campos perto do rio Humber, Charles foi atropelado e morto por uma carroça.

Havia uma velha lenda na aldeia sobre o caldeirão e eles disseram que continha as cinzas do anão que foi morto na Abadia de Thornton. Além disso, havia um túnel misterioso entre a Abadia e o porão.

Alguns momentos depois que o anão tinha sido morto, ele foi trazido pelos monges através do túnel e seus restos mortais foram eliminados em segredo. Após a morte de Charles Atkins, o porão contendo o caldeirão amaldiçoado foi fechado com tijolos e permaneceu lá por 35 anos.

Cauldron c • mundo sombrio

Em 1974, John Morton, um empresário local, comprou a fazenda e iniciou uma ampla reforma no local. Ele queria consertar o antigo porão quebrando os tijolos da parede que fechava a entrada do porão.

No entanto, depois de ouvir a lenda, os operários se recusaram a ir a qualquer lugar perto do porão onde a velha panela de ferro permanecera intocada por tanto tempo. Mais tarde, um ministro local chamado Rev. Bob Kenyon, que acredita na maldição, se ofereceu para removê-la. Ele se convenceu de que seria imune ao espírito maligno.

No entanto, o Sr. Morton decidiu selá-lo colocando o caldeirão amaldiçoado em uma gaiola de aço e enterrada no mesmo porão. Com a ajuda de Alfred Darwood, um construtor local, o maldito caldeirão permaneceu intacto.

Ele disse que realmente acredita na lenda sobre goblins, morte do anão ou sobre caldeirão amaldiçoado, então ele e o Sr. Morton colocaram as placas de aço em volta dele sem nem mesmo tocar ou mover a panela.

Fontes: Revista Paranormal Edição 55, janeiro de 2011: “The Cursed Cauldron by Sean McNeaney”

Mundo Sombrio

Mundo Sombrio

Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!