A Sombria, Aterrorizante e Assombrada Ilha das Bonecas

A Ilha das Bonecas (Isla de las Muñecas), localizada na vasta rede de canais pluviais que fica ao sul da Cidade do México, perto de Xochimilco é uma das mais assustadoras atrações turísticas do México. Aqui, entre os galhos e árvores mortas estão centenas de bonecas velhas e mutiladas. A história diz que há meio século uma garotinha se afogou em uma pequena ilha escondida no fundo dos canais de Xochimilco.

A Sombria, Aterrorizante e Assombrada Ilha das Bonecas está localizada na vasta rede de canais pluviais que fica ao sul da Cidade do México, perto de Xochimilco.

O único habitante permanente da ilha era um eremita chamado Dom Julián Santana Barrera, que apesar de ter esposa e família, optou por viver sozinho na ilha. Logo após a morte da garota, Barrera pescou uma boneca atrás da outra dos canais. Convencido de que isso era um sinal do espírito maligno, Dom Julian Santana começou a pendurá-los nas árvores para se proteger do mal e acalmar o espírito da garota morta. Logo Don Julián tinha feito de toda a ilha um santuário de bonecas.

O que não ajuda este lugar a se tornar um destino de viagem popular é o fato de que quase todas as árvores são decoradas com bonecas deformadas e mutiladas. As bonecas quase parecem más e eu me pergunto seriamente onde se compraria bonecas tão assustadoras. Enquanto você anda pela ilha, parece que você está sendo observado o tempo todo. Bem, é claro que brinquedos assustadores não são suficientes para fazer deste um candidato para o lugar mais assustador do mundo. Mas existe um detalhe, a ilha é supostamente assombrada!

Na Ilha das Bonecas, você encontra bonecas de todos os tipos e estados penduradas por todos os lados.

Mesmo que a ilha esteja totalmente abandonada, há mais de 50 anos, um homem chamado Don Julián Santana deixou sua esposa e filhos e se mudou para lá para viver o resto de sua vida sozinho. Quando ele morava lá, o corpo de uma menina morta veio flutuando em um dos canais. Don Julian pensou que tinha se tornado assombrado pelo espírito dela.

Ele começou a colecionar bonecas e decorar a ilha com elas. Ele trocava vegetais e frutas em troca de bonecas. Acreditava-se que as bonecas eram usadas por Don Julián como um santuário para o espírito que o assombrava. Ao longo dos 50 anos em que viveu lá, ele continuamente colecionava bonecas e as decorava por toda a ilha, até morrer.

Santana não limpou as bonecas ou tentou consertá-las, mas sim colocá-las com olhos e membros perdidos e cobertas de sujeira. Mesmo quando as bonecas chegaram em boa forma, o vento e o tempo naturalmente as decompuseram ao longo do tempo criando uma galeria de rostos assustadores e macabros. Além dos danos causados pelo sol – o que deixa muitas das bonecas cobertas de bolhas e manchas –, o vento e a chuva também deixaram sua marca, corroendo qualquer tinta superficial e deixando para trás rostos pálidos, parecidos com crânios, ou gradualmente decompondo o cabelo falso das bonecas e criando tufos irregulares que as fazem parecer como se estivessem sofrendo de uma doença agonizante.

A Sombria, Aterrorizante e Assombrada Ilha das Bonecas mundo sombrio

Muitas também estão faltando braços ou pernas – ou receberam o membro de outra boneca que claramente não combina – e mesmo brinquedos sem cabeças são bem-vindos na ilha, muitos pendurados ou apenas empurrados para as lacunas entre galhos, com seus pescoços expostos se tornando um lar para as aranhas exóticas e insetos que habitam esta região agrícola em expansão.

A Morte de Julián na Ilha das Bonecas

Em 2001, o sobrinho de Julián, Anastasio, veio visitá-lo e ajudá-lo a plantar algumas abóboras. Na manhã de 21 de abril, eles foram pescar juntos nas margens do canal e Dom Julián começou a cantar. Ele disse ao sobrinho que estava cantando para manter os espíritos das sereias à distância, que vez ou outra, acenavam para ele para que as seguisse até a água. Não pensando muito nas divagações de seu tio, Anastasio deixou o tio por pouco menos de uma hora para começar o plantio de abóbora. Assim que voltou, descobriu seu tio Julián de bruços no canal perto do pequeno píer, no mesmo lugar onde a jovem também teria se afogado.

bonecas penduradas na ilha das bonecas
Bonecas penduradas na Ilha das Bonecas

A causa da morte de Don Julián foi considerada insuficiência cardíaca, mas muitos moradores acreditam fortemente que os espíritos finalmente o atraíram para sua morte aquática e que seu fantasma agora vaga pela ilha junto com a garotinha. Hoje, Anastasio mantém o pesadelo que é a Ilhas das Bonecas aberta aos visitantes com a ajuda de doações. Viajantes mais supersticiosos muitas vezes trazem oferendas de bonecas e afirmam que ouvem sussurros medonhos. Embora Anastasio não viva na Ilha das Bonecas, ele jura ter testemunhado estranhas ocorrências no local, como as bonecas de seu tio virando a cabeça, movendo seus olhos e torcendo seus membros…

Embora os lagos pré-históricos de Xochimilco sejam um patrimônio mundial da UNESCO e uma atração turística bastante popular, a Ilha das Bonecas não está na rota turística regular. Você terá que contratar sua própria trajinera e ter um motorista que concorde especificamente em levá-lo lá (muitos não estão dispostos a se aventurar).

Alguns sugerem que o melhor lugar para se perguntar sobre isso é no desembarque de Cuemanco, próximo ao Parque Ecológico de Xochimilco. A viagem de ida e volta de quatro horas provavelmente custará em torno de US$ 100 ~ US$ 120, mas se você reunir um grupo, você pode dividir o custo e diminuir suas chances de ser a única pessoa que as bonecas escolhem arrastar para as águas.

COMPARTILHE ESSE POST
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest