A Pata do Macaco

por Mundo Sombrio
944 visualizações
a pata do macaco história de terror
Continua após a publicidade..

Numa noite fria, no interior de uma pequena cidade do sul do país, jantavam animadamente uma família juntamente a um amigo viajante que passava pela cidade.

O chefe da família e esposa, orgulhavam-se muito de seu único filho que, já maior de idade, trabalhava e estudava. Não lhe poupavam elogios perante o amigo.

Após o jantar, todos satisfeitos e tomando um cafezinho servido pela dona da casa, conversa vai, conversa vem, o amigo contou sobre suas andanças e viagens e mostrou-lhes um pequeno objeto. Uma pata de macaco bem pequena.

Disse-lhes que lhe foi dada por um feiticeiro africano e que tinha poderes mágicos. Ela concedia 3 desejos a quem pedisse com fé. Todos riram do assunto. O amigo viajante então, deu o objeto ao chefe da família.

Então este, rindo-se daquilo, ergueu a pata do macaco e disse:

Continua após a publicidade..

— QUERO UM MILHÃO DE REAIS!

Então assustou-se e largou o objeto ao chão. Apavorado, jurou que havia sentido que a pata havia se movimentado em suas mãos.

Sua esposa, já se benzendo, disse para pararem com aquela brincadeira e que não brincassem com aquelas coisas! O filho só ria daquilo tudo como todo jovem. Na manhã seguinte, todos foram para suas atividades.

Mais tarde, a noitinha, já em casa, os pais estranharam a demora do filho. Chegando logo depois, um carro da empresa em que o rapaz trabalhava, com uns senhores que lhes trouxeram a dura e triste noticia de que seu filho sofrera um acidente de trabalho fatal.

Os pais se desesperaram. Devastados então, enterraram seu bem mais precioso, seu único filho. Logo depois, receberam a visita de representantes da empresa em que o filho trabalhava, oferecendo-lhes a quantia indenizatória de UM MILHÃO DE REAIS pelo acidente de trabalho do filho.

Passados alguns duros e terríveis dias de sofrimento, após o sepultamento do filho, a mãe lembrou-se da pata do macaco. 
Num ato de desespero, pegou-a, olhou-a fixamente e levantou-a fazendo o pedido:

— EU QUERO MEU FILHO DE VOLTA!

O pai nervoso disse para ela não fazer aquilo.

A mãe, num intenso sofrimento, chorava desesperadamente pedindo seu filho de volta. O marido abraçou-a tentando consolá-la.

Tarde da noite então, chovia muito, e foi quando eles ouviram passos na varanda! Passos lentos, pesados e arrastados, logo após, batidas violentas na porta.

A mãe levantou-se e correu para a porta sorrindo, seguida por seu marido e gritando:

— É MEU FILHO! DEIXE-ME ABRIR A PORTA! ME LARGUE!

O marido, desesperado, tentava detê-la e segurá-la dizendo que não abrisse e as pancadas na porta cada vez mais fortes e violentas.

Continua após a publicidade..

Então, o pai pegou a pata do macaco e fez o último desejo:

— EU QUERO QUE MEU FILHO DESCANSE EM PAZ!

As batidas na porta imediatamente cessaram e nada mais se ouvia além dos soluços de uma mãe de um pai desolados e o barulho da chuva que caía lá fora.

História de Terror escrita por W.W.Jacob

Perfil mundosombrio face 3 com letra fundo preto 1 scaled • mundo sombrio
Mundo Sombrio

Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!

Leia Mais Histórias de Terror Assustadoras

Siga-nos no Instagram e no Facebook também!

Escolhidos Para Você

sitemundosombrio@gmail.com

Mundo Sombrio © 2015 Todos os Direitos Reservados

Bloqueador de Anúncios Detectado

Os anúncios nos ajudam a manter o site no ar e trazer sempre mais terror para vocês. Por favor, desative o seu bloqueador de anúncios!