A Arte Tumular assombrada de Inez no cemitério de Graceland

Uma das Artes Tumulares mais conhecidas e misteriosas do Cemitério de Graceland é uma estátua em tamanho natural e bastante detalhada de uma menina chamada Inez, localizada perto do centro do cemitério e também no centro de uma das histórias de fantasmas mais famosas em Chicago. Este túmulo com a estátua de uma jovem está marcado com “Inez” e “Filha de J.N. & M.C. Clarke. Nascida em 20 de setembro de 1873, morta em 1º de agosto de 1880. ” Há também uma placa indicando os túmulos de John N. Clarke e Mary C. Clarke ao norte.

Durante décadas, a verdadeira identidade da menina e da pessoa enterrada lá foram questionadas. Com base em uma extensa pesquisa, agora é quase certo que a menina é Inez, filha de Mary C. Clarke de um casamento anterior.

A estátua fica dentro de uma caixa de vidro, protegendo-a das intempéries, e retrata uma jovem sentada em um banco de madeira, usando um vestido rendado e segurando uma sombrinha na mão direita, com uma pequena flor na esquerda. Seu rosto largo mostra uma sugestão de sorriso e seu cabelo ondulado está penteado para trás. Seu chapéu fica perto de seu ombro, amarrado em volta do pescoço por uma fita larga. Um medalhão e uma corrente repousam em seu peito.

A estátua foi criada por Andrew Gagel, que nasceu na Alemanha em 1846 e imigrou para os Estados Unidos em 1872.

Há duas histórias sobre a morte de Inez, de 6 anos, a mais comum é que ela estava em um piquenique de verão com seus pais quando foi atingida por um raio durante uma tempestade de verão e acabou morrendo. Outra versão de sua morte, porém, é que ela foi acidentalmente trancada do lado de fora da casa da família ou intencionalmente trancada como punição quando foi atingida por um raio.

Existem muitas histórias de fantasmas em torno do local do túmulo. Pessoas já ouviram choros vindo da área. Outras pessoas afirmam que durante as tempestades a estátua desaparece, apenas para reaparecer mais tarde, de volta em sua caixa de vidro.

Arte tumular assombrada de inez envolta em uma caixa de vidro
Arte Tumular de Inez envolta em uma caixa de vidro

Um funcionário do cemitério supostamente saiu correndo do local apavorado ao encontrar a caixa de vidro que cercava a estátua vazia. As lendas também relatam avistamentos recentes de uma jovem vestindo roupas do final de 1800, correndo e brincando pelo cemitério.

Crianças que visitam o cemitério com seus pais relatam que encontraram e brincaram com uma menina, mas os pais nunca viram ou ouviram a coleguinha de brincadeira. Também há várias histórias sobre guardas e vigias noturnos no cemitério relatando que a caixa que contém a estátua de Inez fica vazia sempre que há uma tempestade de verão.

Leia Também: O Fantasma de Elvis Presley assombra a Mansão Graceland?
Leia Também: Vídeo mostra porta de túmulo abrindo sozinha no cemitério de Mantenópolis-ES
Leia Também: Conheça alguns dos Cemitérios mais Assombrados do Mundo

Aparentemente, a pequena Inez tem medo de ser atingida por um raio novamente, então, quando as tempestades se aproximam, ela foge e se esconde. Os investigadores, no entanto, descobriram alguns buracos na história de Inez Clarke.

Em primeiro lugar, não existe “Inez Clarke”, nem nos registros do cemitério, nem nas informações do censo da cidade. Alguns desses relatos sugerem que a estátua era simplesmente uma amostra feita por Gagel para demonstrar sua arte e foi colocada no cemitério como um anúncio de sua obra. Essa teoria, no entanto, não explica a inscrição desgastada no marcador abaixo da estátua.

Outros relataram que Inez era filha de Mary Clarke de seu primeiro casamento, seu nome na verdade é Inez Briggs, e ela morreu de difteria, não por causa de um raio.

Apoiando essa teoria está o relatório do censo de Chicago de 1880, que mostra uma garota chamada Inez Briggs vivendo com seus avós, David e Jane Rothrock, e essa teoria talvez seja comprovada pelo fato de eles estarem enterrados ao lado de Inez.

De acordo com essa teoria, Inez foi enviada para morar com os avós depois que seus pais se divorciaram. Depois que Inez morreu, seus avós encomendaram a estátua.

Mary Briggs casou-se com John N. Clarke e, de alguma forma, as três gerações acabaram juntas em Graceland. Parece que os fatos não apoiam as histórias e lendas da pequena Inez. Mas eles também não os refutam.

Seja ela Inez Clarke ou Inez Briggs, se ela morreu de difteria ou por um raio, em um piquenique com seus pais ou na casa de seus avós, não há prova absoluta de que Inez não saia de sua caixa de vidro durante tempestades, e não brinque com jovens visitantes do cemitério. E quer você acredite nisso ou não, uma coisa é certa … é uma bela estátua e inspirou algumas histórias assustadoras fascinantes.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Mundo Sombrio
Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!

Outros Posts