5 Relatos Sobrenaturais de Policiais que vão te Arrepiar

Essa é uma coletânea de Relatos Sobrenaturais de Policiais que foi reunida com o intuito de te deixar acordado por bastante tempo.

A maioria dos policiais vai dizer que já viu de tudo. Mas e sobre o paranormal e o sobrenatural? Será que viram de tudo mesmo?

Considere: quem pode ser uma testemunha melhor do que um policial? Uma vez que os policiais são observadores qualificados que regularmente mergulham no desconhecido, então não é surpresa nenhuma que alguns dos encontros paranormais mais assustadores que já ouvimos vieram de policiais.

Então, o Mundo Sombrio separou para vocês alguns Relatos Sobrenaturais de Policiais arrepiantes. Esse post será atualizado de acordo com a coleta de mais Relatos Sobrenaturais de Policiais pela nossa equipe. Então fique sempre atento e acompanhe esse post. Se você não conseguir dormir, a culpa não é nossa!

Relatos Sobrenaturais de Policiais

1. Justiça do Túmulo

Era meu segundo ano como soldado do Estado de Oregon. Enquanto eu estava no carro da polícia com meu parceiro, uma chamada de rádio nos alertou sobre um homem segurando uma arma na cabeça de uma mulher, então nós imediatamente nos dirigimos ao local.

Assim que chegamos lá, havia uma mulher chorando e repetindo repetidamente: “Ele atirou em mim, ele atirou em mim.” “Ele não atirou em você”, nós respondemos, mas ela não parava de dizer aquilo. É claro que averiguamos, mas ela não tinha mesmo sido atingida por nenhum disparo. Perguntamos se ela tinha algum familiar por perto onde ela poderia ir e ficar e ela disse que não.

Ela não nos deixou levá-la a outro lugar, então depois de um tempo, perguntamos se ela ficaria bem sozinha. Ela disse que sim, então como o homem em questão nunca foi visto, saímos do local.

No final do nosso turno, contamos aos despachantes e oficiais sobre a estranha ligação, então um deles levantou a cabeça levemente com a cara pálida e assustada. Acontece que aquela mulher tinha morrido pelas mãos do marido que atirou na cabeça dela seis anos antes do nosso encontro e ele nunca foi pego. Mesmo assustados, decidimos seguir em frente e ficar calados sobre o assunto.

Dois anos depois do incidente, eu estava treinando um policial novato quando uma chamada veio da mesma casa, era da mesma mulher então eu tive que ir lá e descobrir o que realmente estava acontecendo. Quando chegamos no local, nossos rádios estranhamente começaram a ficar em estática quando nos aproximamos da mulher, ela simplesmente apontou para o interior da casa e disse:

“Ele está lá dentro.”

Tiramos as armas e encontramos um homem dentro da casa, o mesmo homem que tinha atirado na mulher 6 anos antes. Ele pegou 20 anos pelo assassinato dela e nunca mais ouvimos outra chamada daquela casa, até hoje.

Esta história ainda me assombra e eu me pergunto se foi uma coincidência termos encontrado o homem, ou foi ela nos apontando para o assassino? Acho que ela finalmente conseguiu descansar em paz.

2. Solicitando Reforços

Um dia parei um homem por excesso de velocidade. Enquanto eu estava indo em direção ao carro dele, tive uma sensação estranha, então voltei para o meu carro quando de repente, do nada, senti uma brisa e ouvi a porta do lado do passageiro bater.

Quando olhei para dentro, vi uma policial da minha idade sentada no banco. Eu não tinha pedido reforços pelo rádio. Não vi nenhum outro carro de patrulha ao redor e não tinha como ela ter saído do outro veículo, mesmo porque eu tinha acabado de deixá-lo. Meu K-9 (Cão Policial) chamado Clive estava enlouquecido rosnando e latindo para a oficial.

“Olá”, eu disse a ela. “Posso ajudá-la?”

“Ele tem uma arma em baixo do banco do motorista”, disse ela.

Virei-me por uma fração de segundo para ter certeza que o carro ainda estava lá e quando voltei, ela tinha desaparecido. Fui em direção ao carro e prendi o homem no local, procurei no banco do motorista e lá estava ela, a arma que ela tinha me avisado. Quando o prendi, soube que o procuravam pelo assassinato de uma jovem policial que ele havia assassinado há 20 anos. Ele foi condenado à prisão perpétua pelo crime.

Mais tarde naquela mesma noite, eu estava brincando de pega-pega com meu K-9, quando a oficial apareceu para mim e disse: “Obrigada”. “Não, obrigado digo eu!”, eu disse a ela que ela tinha salvo minha vida, e ela disse: “Eu só estava fazendo meu trabalho – ele teria matado você com a mesma arma que usou para me matar. Você me trouxe paz e felicidade.”

Depois disso, ela desapareceu. Eu não vi a oficial novamente, mas há conversas que, de tempos em tempos, aparecem oficiais afirmando que uma pessoa misteriosa veio avisá-los sobre o perigo.

Relatos sobrenaturais de policiais que vão te arrepiar
Relatos Sobrenaturais de Policiais que vão te Arrepiar

3. O Chaveiro

Meu parceiro e eu respondemos a uma chamada sobre um alarme disparando em um prédio de escritórios. Era um prédio antigo que tinha sido convertido em consultórios médicos e tinha uma farmácia ligada a ele.

O sensor de movimentos que acionou o alarme era de um escritório lá em cima; depois que o Chaveiro chegou, entramos para averiguar o local. A porta que levava às escadas estava trancada e o porteiro estranhamente não tinha as chaves daquela porta, então pegamos o elevador até o segundo andar.

Depois de sair do elevador, nos deparamos com um longo corredor cheio de nada além de escuridão, exceto por uma lâmpada no final do caminho.

À medida que checamos as portas, até agora estavam todas trancadas, chegamos ao último escritório e esta porta estava destrancada. Entramos e vimos que era um vazio com várias salas de exame e uma área de recepção. Tudo estava claro.

Assim que saímos do escritório, algo imediatamente pareceu errado. De repente, a luz do final do corredor foi substituída por uma de um elevador. Eu olhei para o meu parceiro e ele estava completamente branco, perguntei-lhe o que estava errado e ele me disse tremendo: “Aquelas portas que acabamos de checar não estavam trancadas?”

Bem, agora elas estavam completamente abertas.

Então voltamos e verificamos cada uma delas e as salas estavam todas vazias. Na saída, pouco antes de virarmos a esquina, a porta principal se fechou e nossos rádios começaram a ficar com estática. Agora eu só queria dar o fora de lá.

Pegamos o elevador e procuramos pelo Chaveiro, mas não o encontramos de jeito nenhum. Então entrei em contato com a central para ver onde ele estava e eles nos disseram que o Chaveiro ainda estava a caminho, cerca de 5 minutos ou mais.

Eu liguei de volta e eles me disseram que era impossível que nós tivéssemos estado com ele, já que eles só foram capazes de conseguir um naquele momento e ela estava a caminho. Quando ela finalmente chegou (desta vez uma mulher) contei a ela sobre o homem que nos deixou entrar. Como ele era? Então eu dei a descrição da pessoa que esteve conosco como sendo o Chaveiro.

Ela nos disse que eu estava descrevendo o médico que costumava alugar o escritório no segundo andar; ele tinha cometido suicídio em sua casa vários dias antes disso.

Agora, se pegarmos uma chamada daquele prédio, não voltarei mais lá.

4. Você viu a Mamãe?

Um dia fui enviado para uma chamada sobre uma jovem que estava desaparecida. Enquanto eu estava fazendo o relatório sobre a pessoa desaparecida, a filha mais velha sai do outro quarto, aponta para o corredor e grita: “Vovó!” O homem correu em direção ao corredor gritando: “Mãe, mãe.”

“Você a viu? Você viu minha mãe?”, perguntou o homem a mim. “Não, eu não vi. Por que você está surpreso em vê-la andando pelo corredor?, eu perguntei.

“Ela morreu no ano passado”, respondeu ele, “Nós a vemos andando pela casa o tempo todo.”

Nem preciso dizer que fiz o resto do relatório na varanda do lado de fora né?

Relatos sobrenaturais de policiais que vão te arrepiar
Relatos Sobrenaturais de Policiais que vão te Arrepiar

5. Ela está dentro da casa.

Nunca acreditei no paranormal, mas naquele dia fiz uma exceção. Respondi a uma chamada feita por uma senhora idosa. Ela relatou que continuava vendo uma jovem correndo pelo quintal e que tinha medo de vandalismo ou talvez algo pior por parte da moça.

No caminho, começou a chover como se não houvesse amanhã, relâmpagos e trovões também. Quando cheguei na residência da senhora, ela apontou para onde era o quintal e eu fui até lá averiguar. Tentei acender minha lanterna e perguntei: “Alguém está aqui? Vamos lá para fora. Mas nada, tudo o que ouvi foi o som de um trovão alto nas atrás de mim.

Eu voltei para dentro de casa e a senhora (agora tremendo em um canto) me disse: “Ela está dentro da casa.”

Então ouvi um baque nos fundos e vi uma jovem (cerca de 13 anos) correndo de um lado da casa para o outro. Eu rapidamente me movi em direção a ela e pedi-lhe para parar, mas então ela desapareceu bem na minha frente. Eu pensei que eram meus olhos pregando uma peça, mas então a senhora gritou: “Lá, lá está ela, lá fora.”

Virei-me para uma grande janela que levava ao quintal e lá estava ela correndo, mas como ela passou por mim para sair pela porta dos fundos? Eu imediatamente fui lá fora e ela já tinha desaparecido, novamente.

Depois que não consegui encontrar nada e sem explicação lógica, disse à senhora que a garota tinha fugido e não consegui pegá-la devido ao tempo. Pedi-lhe que se acalmasse.

Alguns meses se passaram e descobri que a idosa tinha falecido e algumas pessoas novas tinham se mudado para sua antiga casa. Pouco tempo depois disso, a central atendeu uma chamada vinda da mesma casa.

Os novos inquilinos relataram uma jovem correndo em seu quintal e de repente aparecendo dentro de sua casa. Então deixei outra pessoa atender a chamada.

E aí, o que você achou desses Relatos Sobrenaturais de Policiais que o Mundo Sombrio coletou para vocês? Deixe sua opinião aí nos comentários mais abaixo.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no tumblr
Mundo Sombrio
Histórias de Terror, Lendas Urbanas, Creepypastas, Relatos Sobrenaturais, Vídeos e muito mais. Mundo Sombrio: O Melhor do Terror para Você!

Outros Posts