Irmãs Smith

Irmãs Smith é uma lenda urbana assustadora sobre duas meninas que foram assassinadas misteriosamente enquanto dormiam em seu quarto. Baseada em uma lenda urbana dos EUA.
irmãs smith lenda americana mundo sombrio-min

Havia um menino chamado John Smith que morava em Plainfield, Wisconsin. Ele gostava muito de e-mails assustadores. Todos os dias, ele encontrava novos e os enviava para todos que conhecia. Ele até começou a fazer alguns e enviá-los para estranhos. Ele adorava assustar as pessoas na Internet.

Um dia, em novembro de 2007, ele abriu sua caixa de entrada e encontrou uma mensagem que parecia ser de duas meninas. Chamavam-se “As Irmãs Smith” e disseram-lhe que eram as suas irmãs mais velhas, o que o deixou confuso porque era filho único. Também disseram que, anos atrás, moraram na casa dele.

Ele respondeu, dizendo que não tinha irmãs e disse-lhes que o deixassem em paz. No dia seguinte, ele recebeu uma mensagem assustadora com alguns anexos de fotos. A primeira foto era de duas meninas.

A legenda dizia “Irmãs Smith assassinadas misteriosamente”.

No e-mail, as meninas disseram que eram de fato suas irmãs mais velhas. Disseram-lhe que em 1993 haviam morado em sua casa. Seu quarto já tinha sido o quarto delas. Elas contaram a ele tudo sobre suas vidas e como elas tinham sido felizes até uma noite horrível.

Ele abriu o outro anexo. Era um recorte de um antigo artigo de jornal.

“Em 1993, duas irmãs foram brutalmente assassinadas na pequena comunidade de Plainfield, Wisconsin. Lisa Smith, 19 e sua irmã, Sarah Smith, 15 foram atacadas na casa de seus pais na noite de 17 de novembro, por volta de 1h30. As Irmãs Smith estavam deitadas na cama quando um assassino enlouquecido invadiu a casa. Ninguém as ouviu gritar. Pela manhã, seus pais encontraram os cadáveres das Irmãs Smith escondidos no armário do quarto. Elas foram esfoladas vivas. O assassino se foi há muito tempo e nenhum vestígio dele foi encontrado. Elas foram assassinadas misteriosamente. A polícia conduziu uma extensa investigação, mas sem sucesso. Os motivos do ataque nunca foram descobertos, nem o invasor jamais foi encontrado. A única evidência que as autoridades tiveram foi uma série de e-mails estranhos encontrados no computador de Lisa. O caso foi encerrado em outubro de 2000”.

No restante do e-mail, as irmãs disseram que ficaram com raiva porque o caso foi encerrado e as pessoas se esqueceram delas.

Elas estavam com raiva porque seus pais também queriam esquecê-las.

Elas estavam com raiva porque seus pais decidiram recomeçar e ter um novo bebê. Um garotinho chamado John.

Elas estavam com raiva porque seus pais nunca mencionaram suas filhas ou o trágico assassinato para seu novo filho John.

John Smith enviou uma resposta zangada dizendo que não acreditava no que diziam. Ele não acreditava que as Irmãs Smith eram realmente relacionadas a ele e não acreditava que o artigo do jornal fosse real. Ele disse a elas para irem para o inferno.

Cinco minutos depois, ele recebeu outro e-mail delas. Dizia “Se você não acredita em nós, olhe no armário do quarto.”

Esse foi o último e-mail encontrado no computador de John. A polícia não conseguiu rastrear quem havia enviado as mensagens para ele.

No chão do armário, a polícia encontrou uma mensagem tênue, esculpida na madeira. Simplesmente dizia “Lisa e Sarah – 1993”. Embaixo disso, havia outra mensagem que dizia “John 2007”.

Ninguém sabe o que John fez em seguida, mas pela manhã, os pais de John acordaram e descobriram que seu filho estava desaparecido. Em seguida, eles verificaram o armário do quarto e tiveram o maior choque de suas vidas. Lá eles encontraram o cadáver de seu filho. Ele tinha sido esfolado vivo.

Ninguém sabe o que realmente aconteceu naquela noite. A polícia só conseguiu juntar partes da história com base no que encontraram no computador de John.

Os pais ficaram arrasados. Como isso pôde acontecer com uma família. Primeiro, suas filhas foram assassinadas. E agora, anos depois, seu filho é assassinado.

Parece muito estranho para ser apenas uma coincidência. Duas irmãs são assassinadas e, anos depois, seu irmão é assassinado exatamente da mesma maneira, exatamente no mesmo lugar. E a única evidência deixada para trás são alguns e-mails assustadores … Pergunte-se a si mesmo.

COMPARTILHE ESSE POST

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A crise econômica causada pelo COVID-19 causou uma queda maciça nas nossas receitas publicitárias. Por favor, considere mostrar seu apoio através de uma pequena doação em PayPal. Sua doação ajudará este site a continuar online nesses momentos difíceis e, dessa forma, continuar fornecendo a vocês conteúdos interessantes regularmente. Abraços Sombrios!

error: Alert: Esse conteúdo está protegido!